Quanto custa uma viagem de mota para a Córsega

Córsega Corsica Corse

Programar uma viagem de mota à Córsega, todas as informações

Pensa numa viagem de mota à Córsega? Anteriormente partilhámos toda a informação prática sobre uma viagem de mota até à ilha Sardenha. Agora, chegou a vez da sua vizinha Córsega, que pode ser facilmente visitada individualmente ou, dada a proximidade, num roteiro por ambas as ilhas. Explicamos tudo de seguida!

Quando idealizámos um roteiro pela ilha, muitos nos disseram que as pérolas do mediterrâneo são para ser exclusivamente visitadas em iates ou cruzeiros pelos mares, caso contrário perderíamos o melhor que têm para oferecer. Ora, ainda bem que decidimos sempre confirmar com as nossas próprias rodas, pois percorrer a Córsega de mota é uma viagem carregada de boas surpresas e a promessa de dias fabulosos pelos segredos da ilha.

Em Bonifácio. Córsega
Em Bonifácio. Córsega
Em Porto Vecchio. Córsega
Em Porto Vecchio. Córsega
Em Col de Sorba. Córsega
Em Col de Sorba. Córsega

A Córsega é um paraíso rodeado pelas águas reluzentes do mediterrâneo, que esconde pelo seu interior montanhoso e verdejante, aldeias, florestas e estradas por onde andar de mota é um prazer e nos relembra a cada curva porque nunca nos cansaremos de o fazer.

E, depois de muitas outras publicações sobre a nossa viagem pela ilha, seguem-se agora todos os detalhes práticos para programar uma viagem de mota à Córsega: transportes, custos, dicas, alojamentos e muitos, muitos locais a não perder.

Explicamos como sempre, tudo o que sabemos e quais as possibilidades que também nós colocámos aquando da marcação da nossa viagem. Este é destino ideal para conciliar a paixão de viajar sobre duas rodas, com as praias paradisíacas que a ilha oferece. História, tradição e vilarejos carregados do charme completam o roteiro, pela ilha de beleza selvagem escondida no Mediterrâneo.

Em Corte. Córsega
Cidadela de Corte. Córsega
Em Propriano. Córsega
Estrada costeira D250 Propriano. Córsega
Col de Bavella, estrada D268. Córsega
Col de Bavella, estrada D268. Córsega

Transportes para a ilha. Como chegar à Córsega de mota?

Incluída no nosso roteiro de 18 dias pelas ilhas Sardenha e Córsega, a chegada à Córsega foi  feita através de uma curta travessia de ferry a partir da ilha Sardenha. Mas existem outras possibilidades de chegar à ilha, caso não pretenda visitar a Sardenha.

OPÇÃO 1 – Visitar a Sardenha e Córsega na mesma viagem

Chegada à Sardenha: 

Barcelona, Espanha 🇪🇸 ⇔ Porto Torres, Sardenha 🇮🇹

Travessia entre ilhas:

Santa Teresa di Gallura, Sardenha 🇮🇹 ⇔ Bonifácio, Córsega 🇫🇷

Partida para o Sul de França:

Ajaccio, Córsega  🇫🇷 ⇔ Marselha, França 🇫🇷

Se tiver essa disponibilidade, sugerimos que inclua as duas ilhas no mesmo roteiro. Pela proximidade, pela optimização de custos e pela garantia de uma viagem fabulosa.

No nosso caso particular, dado que não existem rotas directas a partir da Córsega para Espanha, optámos por um regresso pelo Sul de França (Ajaccio-Marselha).

Aproveitámos para percorrer o Pays Cathare, conhecendo a cidadela de Carcassone e atravessando os Pirinéus, com destino a Andorra, cujo percurso partilharemos noutra oportunidade. Mas é também possível regressar à Sardenha, e voltar na mesma rota de ferry de chegada: Porto Torres – Barcelona (opção + rápida).

Ferry Ajaccio - Marselha. La Meridionale
Ferry Ajaccio – Marselha. La Meridionale
Ferry Ajaccio - Marselha. La Meridionale
Ferry Ajaccio – Marselha. La Meridionale

OPÇÃO 2 – Visitar apenas a ilha Córsega

Se pretender visitar apenas a ilha Córsega, terá sempre de viajar até ao sul de França para ir e voltar do porto de ferry. São inúmeras as possibilidade para alcançar a ilha:

Partida e chegada no Sul de França:

Marselha, França 🇫🇷 ⇔ Ajaccio, Córsega  🇫🇷

Nice, França 🇫🇷 ⇔ Bastia, Córsega 🇫🇷

Nice, França 🇫🇷 ⇔ L’Île Rousse, Córsega 🇫🇷

Quer opte pela travessia Barcelona ⇔ Porto Torres ou pela Ajaccio / Bastia / L’Île Rousse ⇔ Marselha / Nice, as viagens decorrem no início da noite e demoram no máximo 12 h. Os preços variam entre 100 € a 250 € por percurso (2 adultos e 1 mota), dependem do tipo de alojamento a bordo (poltrona sentado, cabine partilhada, cabine privada, etc) e incluem o transporte da mota no porão. Se pretende consultar os preços consoante as suas datas e tipo de alojamento pretendido, consulte o site de reservas aqui.

Para mais informações sobre as opções a bordo e outras formalidades de embarque consulte o nosso artigo sobre Viagens de ferry e uma viagem de mota. Se é a primeira vez que viaja de ferry numa viagem de mota aconselhamos estar desperto para alguns cuidados que nele indicamos.

Alojamento na Córsega

Recorremos sempre ao site de reservas Booking.com para a nossa pesquisa e reserva de alojamento. Pela facilidade de busca, pela variedade de alojamentos, pela facilidade de cancelamento gratuito e pelos preços que até à data, ainda não encontrámos concorrente à altura.

Turismos rurais, alojamentos particulares e parques de campismo com pequenos bungalows são sempre os nossos preferidos. A preços simpáticos ficamos muitas vezes melhor alojados do que num tradicional hotel. Com a vantagem de nunca ser cobrado o parque de estacionamento para a mota. Sempre que possível, é a nossa opção.

Os preços pela Córsega são superiores aos da Sardenha. O preço médio noite para 2 pessoas em regime de alojamento e pequeno almoço neste tipo de alojamentos varia entre os 70€ a 150€. Reservar com alguma antecedência é a melhor maneira de conseguir o melhor preço e disponibilidade. Em especial se a data da sua viagem está entre os meses de Julho e Agosto.

Parques de Campismo

Inúmeros parques de campismo se encontram pela ilha, maioritariamente pela região costeira. Abaixo partilhamos algumas opções de Norte a Sul da ilha. Todos com possibilidade de acampar em tendas ou alugar pequenas cabines. Para pesquisar mais parques de campismo pela Córsega aqui.

Interior da ilha

Não é por acaso que é apelidada como ilha de beleza selvagem. Em especial pelo interior da ilha, a maioria do território corso permanece intocado e no seu estado mais selvagem. O que lhe atribui a beleza é também o que a priva de algumas infraestruturas, neste caso, alojamentos e restaurantes. As opções são menores e, em especial em época alta, é necessário reservar com antecedência para garantir disponibilidade.

Alojamento junto à praia

Foi na região de Porto Vecchio, no Sul da ilha, que estacionámos a mota por uns dias e aproveitámos fabulosos dias pelas paradisíacas praias. O alojamento eleito foi o Résidence Santa Giulia Palace ,situado a poucos minutos a pé da praia. Em especial se viaja com mais companheiros, esta é uma boa opção que além de parque fechado para a mota, disponibiliza apartamentos com muitos quartos. Consulte os preços para a  data da sua estadia aqui.

Praia de Santa Giulia. Porto Vecchio
Praia de Santa Giulia. Porto Vecchio

Estimativa de custos de deslocação, alimentação, alojamento e combustível

Viagem apenas à Córsega

Duração: 8 dias

Quilómetros aproximados: 4300 km

  • Ida – Portugal – Marselha 1650 km
  • Volta – Marselha – Portugal 1650 km
  • Percurso na Córsega 1000 km

350 € Combustível (Cerca de 2500 km em França com o preço médio da gasolina a 1.50 €/l e 1200 km em Espanha com preço médio da gasolina 1.25 €/l e 600 em Portugal com o preço médio da gasolina a 1.50 €/l)

100 Portagens (Espanha e França, ida e volta)

400 € Ferry Marselha – Ajaccio – Marselha em cabine com WC

(⇒200 € Ferry Marselha – Ajaccio – Marselha se em poltrona sentado)

650 € Alojamento 2 pessoas em cabine de camping ou quarto privado em turismo rural com pequeno almoço

500 € Alimentação considerando uma refeição num restaurante tradicional e restantes petiscos, sandes, etc.

Total aproximado para 2 pessoas 1 mota = 2000 € com cabine no ferry

Total aproximado para 2 pessoas 1 mota = 1800 € com lugar sentado em poltrona

Viagem à Córsega e Sardenha

Duração: 16 dias

Quilómetros aproximados: 4850 km

  • Ida – Portugal – Barcelona 1200 km
  • Volta – Marselha – Portugal 1650 km
  • Percurso na Córsega e Sardenha 2000 km

400 € Combustível (Cerca de 1750 km em França com o preço médio da gasolina a 1.50 €/l e 1500 km em Espanha com preço médio da gasolina 1.25 €/l, 1000 em Itália com o preço médio da gasolina a 1.50 €/l e 600 em Portugal com o preço médio da gasolina a 1.50 €/l)

75 Portagens (Espanha e França ida e volta)

400 € Ferry Marselha – Ajaccio e Barcelona – Porto Torres, em cabine com WC

(⇒200 € Ferry se em poltrona sentado)

70 € Ferry Sardenha – Córsega (St Teresa di Gallura – Bonifácio)

650 € Alojamento Córsega 2 pessoas em cabine de camping ou quarto privado em turismo rural com pequeno almoço

500 € Alimentação Córsega considerando uma refeição num restaurante tradicional e restantes petiscos, sandes, etc.

500 € Alojamento Sardenha 2 pessoas em cabine de camping ou quarto privado em turismo rural com pequeno almoço

400 € Alimentação Sardenha considerando uma refeição num restaurante tradicional e restantes petiscos, sandes, etc.

Total aproximado para 2 pessoas 1 mota = 3000 € com cabine no ferry

Total aproximado para 2 pessoas 1 mota = 2800 € com lugar sentado em poltrona

Informações adicionais

Naturalmente, estes valores são apenas uma previsão, baseada nas nossas escolhas de alojamento e restaurantes. Variáveis entre preços superiores ou inferiores consoante as escolhas individuais.

Os valores respeitantes ao combustível e portagens, não são muito variáveis. Apenas poderá economizar o valor das portagens caso não opte por auto estradas. No nosso caso particular, optámos por essa despesa de forma a atravessar França e Espanha mais rápido, sobrando assim dias de passeio pelas ilhas. Se viaja num roteiro flexível, esta é uma despesa que poderá evitar facilmente.

A nossa viagem pela Córsega foi interrompida sem termos tido a oportunidade de conhecer o norte da ilha, Cap Corse. A estimativa aqui apresentada, considera os dias e os quilómetros necessários para incluir a região. Imprevistos em viagem acontecem, e para que pelo menos a si não aconteçam os mesmo do que a nós, consulte aqui o nosso artigo.

Para mais informações sobre o roteiro detalhado, os melhores locais, as melhores estradas e muitas outras dicas sobre um percurso pelas ilhas, consulte os nossos artigos:

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

 

11 Replies to “Quanto custa uma viagem de mota para a Córsega”

  1. Excelente! Muitos Obrigado!

  2. Estou interessado gostava de saber datas a acontecer este tipo de passeio abraço.

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Olá José. Antes de mais, muito obrigado pelo seu interesse e mensagem. Nós ainda não realizamos passeios guiados. Este artigo é uma ajuda para que possa marcar a sua viagem de forma independente e saber o susto aproximado. Pode visitar a Córsega em qualquer altura do ano. Qualquer informação estaremos disponíveis. Boas curvas

  3. “Custa” mais perder o paraíso que vocês andaram a visitar… fantástico artigo!

  4. Estamos planejando nossa viagem a Europa e não havia pensado em usar moto como meio de transporte. Adorei a ideia e provavelmente vamos usar muitas dicas de vocês, obrigada!

  5. Que bela aventura viajar de moto por um lugar lindo como esse. Gostei muito das dicas práticas, com a estimativa de custo para o roteiro.

  6. Essas ilhas paradisíacas italianas estão mais do que no meu #bucketlist! Poxa vida parece que é um destino tão acessível (e de paisagens espetaculares por sinal). Já quero conhecer! Abração!

  7. Deve ter sido uma viagem inesquecível, ainda mais com essas vistas maravilhosas, viajar de carro tem seus custos, e a moto parece ser bem mais acessível!

  8. Que região linda! Fiquei um tempo enorme observando e namorando as fotos. Deve ter sido uma viagem deliciosa percorrer estas estradas. Ainda bem que seguiram seu próprio rumo, em vez do senso comum! 🙂

  9. Que viagem mais incrível e inesquecível vc fez! Adorei 🙂

  10. Eu AMO moto! Não sei guiar, mas já fico me imaginando pelas estradas de Córsega com o vento batendo no rosto… que delícia que deve ser!

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: