De mota pela Croácia

croacia moto

Viagem de mota pela Croácia

Numa viagem de mota pela Croácia percorremos aquela que é rota dos Balcãs com o Adriático a contemplar.

A Croácia, país membro da antiga Jugoslávia actualmente faz fronteira com a Eslovénia, Montenegro, Hungria, Sérvia e Bósnia Herzegovina.

Zagreb no seu interior noroeste é a capital que desta vez não incluímos na nossa rota. Mas rumámos a sul ao longo dos mais de 1000 km de zona costeira por entre a diversidade paisagística característica da Croácia. Um desfile entre património histórico e estradas panorâmicas que fazem valer a pena um passeio de mota pelo país.

Das suas belas praias aos deslumbrantes parques naturais. Das míticas cidades repletas de história ou às incontáveis pequenas ilhas rodeadas de águas cristalinas em tons de azul. Visitar a Croácia é sem dúvida uma experiência encantadora.

E é claro que percorrer de mota todas as estradas que ligam todas estas pérolas do homem e da natureza são o nosso ponto alto!

Se conhece a zona dos Alpes no coração da Europa, ao percorrer o interior da Croácia vai relembrar o encanto semelhante. Comparando a travessia a um passeio num pacato e verdejante vale alpino.

Viagem mota pela Croácia
Viagem mota pela Croácia. A caminho do Parque Natural de Plitvice

Situada numa posição privilegiada na Europa, é um país cheio de história. E os tesouros deixados pelos povos que por lá passaram fazem as maravilhas dos seus visitantes.

Foi invadida e habitada por Celtas, Bárbaros, Romanos, Turcos e muitos outros. Todos deixaram a sua importante marca neste território, acrescentando um toque especial e único ao património que hoje nos deslumbra visitar.

Guerra pela Independência 

São ainda muito evidentes ao longo de todo o país, e principalmente nas zonas próximas à fronteira com a Sérvia, as marcas da recente e cruel guerra pela independência da Croácia do antigo território da Jugoslávia (1991-1995).

Casas abandonadas e marcadas por sinais de confrontos, relembram-nos a dura realidade que por lá se viveu há pouco mais de duas décadas.

Viagem mota pela Croácia.
Aldeia de Saborsko, local do massacre durante a guerra pela independência da Croácia. Novembro de 1991

Apesar desses recentes tempos difíceis, o país foi brilhantemente recuperado e em cada pormenor se nota que o povo o reergueu e lhe devolveu a tranquilidade e harmonia.

Locais a visitar num roteiro de mota pela Croácia

Destacam-se algumas cidades e pontos do nosso roteiro que não pode perder. Assim a nossa história de viagem começa quando passa a fronteira com a Eslovénia e entra na, pouco divulgada mas fascinante, região da Ístria.

Rovinj

Rovinj é a primeira paragem, e não podia ser melhor! Na chegada num dia em que o sol dá vida e luz a cada detalhe, vislumbra a cidade a pequena e velha de Rovinj.

É um pitoresco centro histórico com ruas estreitas e pequenas praças que testemunham a história da cidade em diferentes tipos de estilos arquitectónicos.

Rovinj Old Town Croácia
Viagem mota pela Croácia. Rovinj Old Town

Aqui é hora de estacionar a mota e caminhar por todas as ruas antigas e encontrar um belo detalhe a cada passo.

Pequenas igrejas, portas e arcos aguardam por si e não haverá lugar mais tranquilo no mundo para estar. Testemunhos medievais, góticos, renascentistas e barrocos encantam os edifícios desta pequena península, tudo com o Adriático como pano de fundo.

Rovinj Old Town Croácia
Viagem mota pela Croácia. Arco de Balbi, Século XVII. Rovinj Old Town
Croácia rovinj
Viagem mota pela Croácia. Igreja do estilo barroco St. Euphemia. Século XVIII. Rovinj
Croácia Rovinj
Viagem mota pela Croácia. Na passagem de uma rua estreita, o Adriático a espreitar.
Croácia
Viagem mota pela Croácia. Rovinj Old Town Arco Romano

E quando precisar de uma pausa para relaxar ou para uma boa refeição com sabores do Mediterrâneo, são inúmeros os restaurantes que por lá encontra, para todos os gostos e a bons preços.

Rovinj – Praias

Rovinj é também um distinto e pacato destino de praia, e ao longo da sua pequena baía encontra vários tipos de alojamento que lhe oferecem vistas maravilhosas para o Adriático e a sua baía de Mulini.

Croácia Mulini
Viagem mota pela Croácia. Vista para o parque Suma e praia de Mulini

Uma caminhada na promenade, desde o parque Suma, passando pela marina até à cidade velha sempre à beira mar, é encantadora e ideal para um final de dia.

Para a opção em duas rodas, informamos que de mota não se pode percorrer, mas pode sempre fazê-lo de bicicleta para manter o espírito.

Pequena marina de Rovinj
Viagem mota pela Croácia. Pequena marina de Rovinj

Com Rovinj no top dos destinos a voltar, regressamos à estrada nacional Nº21. A panorâmica que atravessa a península da Ístria de norte a sul e termina na maior cidade da região.

Pula

Está em Pula, cidade milenar e costeira onde encontra construções romanas muito bem preservadas, testemunhos dos tempos em que pertenceu ao Império Romano.

A Arena de Pula é a sua principal atracção e é um dos coliseus romanos mais bem preservados do mundo, e o monumento antigo mais bem preservado da Croácia.

Outrora palco de espectáculos de gladiadores, é visitado nos dias de hoje por centenas de turistas que se fascinam pela beleza e integridade da sua arquitectura.

Croácia Pula
Coliseu de Pula (Arena de Pula). Construído durante o Império Romano 27 aC – 68 dC.
Pelos arcos da Arena de Pula espreita o Adriático.
Pelos arcos da Arena de Pula espreita o Adriático.

Sugere-se que atravesse o Arco dos Sérgios, um portão da cidade da roma antiga, e caminhe breves passos até encontrar o Templo de Augusto.

Ambos monumentos romanos e em impressionante estado de conservação, pois parece que o tempo não passou por eles.

Croácia Pula
Arco dos Sérgios, antiga entrada da cidade romana de Pula
Croácia Pula
Templo de Augusto. Monumento da roma antiga. Pula
Templo de Augusto. Monumento da roma antiga. Pula
Templo de Augusto pormenor das colunas. Monumento da roma antiga. Pula

Estrada costeira panorâmica

E com um banho de história continuamos a percorrer a estrada panorâmica junto à costa rumo a sul.

Aqui o Adriático apresenta-nos incontáveis pequenas ilhas rodeadas de águas cristalinas e reluzentes.

Adquirem tons esverdeados e azuis num cenário fabuloso impossível de relatar, o melhor é mesmo ir!

Percebe que está a chegar a um dos mais belos parques naturais do país, o Krk. Com as montanhas de um lado e o mar do outro, contempla uma das rotas mais belas da Croácia.

Croácia
Estrada panorâmica E65 junto à costa. Croácia
Estrada Panorâmica. Croácia
Estrada Panorâmica. Croácia
Croácia moto
Parque Natural Krk, vista panorâmica da estrada continental E65. Croácia
Croácia
Panorâmica estrada continental E65. Croácia

Parque Nacional dos Lagos de Plitivice

E porque estamos numa de parques naturais, mudamos o rumo em Senj em direcção ao interior do país, com destino ao Parque Nacional dos Lagos de Plitivice.

Património Mundial da Humanidade, a UNESCO assim o classificou. Nele deve estacionar a mota num dos parques privados, gratuitos para motas e com segurança, e percorre-lo num dia de caminhada.

Para mais detalhes preparámos o roteiro de 1 dia no Parque Nacional dos Lagos Plitvice, para que saiba tudo o que fazer!

Mas não tenha dúvidas de que é um dos pontos altos da viagem e que encontrará paisagens maravilhosas e únicas.

Croácia moto
Plitvicka Jezera National Park

Que a Croácia é rica em história já sabemos, mas devemos também saber que nunca nos deixará de surpreender.

Zadar

Zadar e a sua cidade antiga é outro perfeito exemplo. Estacione a mota num dos vários parques para motas ao longo das portas da cidade velha e a partir delas entre num desfile de monumentos.

Situada numa pequena área que pode percorrer facilmente a pé, entra na muralha da antiga cidade medieval.

Pelas suas ruas encontra vários restaurantes e esplanadas com os mais diversos monumentos como pano de fundo.

Croácia
Pelas ruas de Zadar. Croácia

A igreja de Santa Maria de Zadar é uma das belas igrejas que encontra pelo Fórum Romano. A outra é a de San Donato, igreja do século IX Pré Romana e Bizantina que foi construída sobre um templo romano. O Museu de Arqueologia é mesmo ao lado.

Zadar Croácia
Igreja de St. Donato, construída sobre um templo romano. Zadar Cidade Antiga
Crácia zadar moto
Igreja de St. Donato (Séc IX) e Forum Romano na cidade velha de Zadar
Croácia zadar igreja
Igreja Renascentista de Santa Maria

De volta à estrada, sempre sem perder o Adriático de vista, continuamos a descida. A rota panorâmica que nos proporciona boas estradas, um belo passeio e belas paragens em cidades ricas em história.

Split

Split é a próxima paragem, a maior e mais importante cidade da região da Dalmácia. E sobre duas rodas, chegar ao centro histórico de qualquer local é uma maravilha, pois aguarda sempre por nós um parque gratuito e bem localizado.

Split Croácia
Parque para motas nas portas da antiga cidade romana de Split

Em Split a UNESCO definiu outro monumento como Património Mundial e nele deverá reconhecer alguns cenários da famosa série Guerra dos Tronos que lá foi filmada: o Palácio de Diocleciano.

Enorme fortaleza antiga, erguida pelo imperador romano durante o Século III para sua residência. Hoje o centro da cidade são as ruínas desta incrível construção situada junto ao mar e  em excelente estado de preservação.

Nela abriga restaurantes, lojas, bares e alojamentos e um passeio a pé pelas suas ruas é mítico. Caso aqui fique hospedado, pode dizer que vai dormir num palácio!

A Catedral de São Dómnio (padroeiro de Split) está nela inserida e encontra-se praticamente inalterada desde a sua construção no século VII, representando uma das catedrais mais antigas do mundo a utilizar a sua estrutura original.

É uma junção de um mausoléu romano inicialmente construído para o imperador, com uma torre de igreja posterior e dedicada a São Dómnio.

Split Croácia
Palácio de Diocleciano, construção romana séc. III. Património Mundial da UNESCO. Split
Croácia Split igreja
Catedral de São Dómnio, construída sobre mausoléu romano
Esfinge egípcia na entrada da Catedral de São Dómnio
Esfinge egípcia na entrada da Catedral de São Dómnio.
Split
Colunas romanas do mausoléu original anterior á construção da catedral. Split

Split, passeio ás Ilhas Brac, Hvar e Kórcula

A partir de Split é possível um passeio magnífico até às belas e famosas ilhas de Brac, Hvar e Korkula. Junto à parte histórica da cidade encontra o terminal de ferry’s croata e partir dele e com a Jadrolinija é possível o transporte de veículos e passageiros para qualquer uma destas ilhas. Para a travessia para a ilha mais distante, Korcula, o preço de ida e volta para duas pessoas e mota ronda os 40Eur.

Porto de Split
Porto de Split

A travessia é fantástica! Com vistas para a mota e para as montanhas, as lindas cores do Adriático em torno das pequenas ilhas tornam esta pequena viagem deslumbrante!

Ferry para a Ilha de Korcula. Croatia
Entrada no ferry para a Ilha de Korcula. Croácia
Korcula ferry
Ferry para a ilha de Korcula

Ilha de Korcula

Ilha Korcula é a próxima paragem. Apesar de muito procurada por turistas para uma breve visita da sua cidade velha, a ilha merece mais do que uma tarde.

Merece que nela pernoite e se desfrute da tranquilidade que sobre ela se abate no final de tarde junto ao mar.

Percorra todas as pequenas ruas da cidade velha fortificada e delicie-se a preços sugestivos nos restaurantes locais, cuja especialidade é o peixe e o tempero mediterrânico. Sugerimos que prove a sopa de peixe com aroma de limão alho e ervas que é a especialidade local.

Korcula Old Town
Korcula Old Town
Catedral de San Marcos na cidade velha de Korcula
Catedral de San Marcos na cidade velha de Korcula
Catedral de San Marcos na cidade velha de Korcula
Praça da catedral de San Marcos na cidade velha de Korcula
Pelas estreitas e pitorescas ruas de Korcula.
Pelas estreitas e pitorescas ruas de Korcula.

A saída da ilha para regressar à Croácia peninsular, como os locais lhe chamam, é possível em apenas duas rotas diárias, pelo que é importante ter isso em conta para organizar o seu dia.

ferry de Korcula
Porto da península croata à chegada do ferry de Korcula

Tomamos o rumo a Dubrovnik e sempre com o Adriático a acompanhar-nos atravessamos imensas e fabulosas regiões de vinha bem cuidada e com óptimo aspecto.

Península croata, região de cultivo de vinha
Península croata, região de cultivo de vinha

Dubrovnik

Chegámos à famosa pérola do Adriático: Dubrovnik. Uma cidade costeira fascinante, com a sua espantosa cidade velha que a UNESCO classificou como Património Mundial.

No centro histórico desta cidade é difícil encontrar hotéis a preços razoáveis que lhe proporcionem um parque para a mota.

Pelo que, para que a visita à cidade fosse o mais descansada possível, um hotel nos arredores foi a nossa escolha (cerca de 4km).

E por menos de 5 Euros consegue um cartão dos transportes públicos que circulam pela cidade a toda a hora.

Tornam assim viável a opção, de deixar a mota no parque do seu hotel e ir explorar as muralhas de Dubrovnik despreocupado.

Viagem mota pela Croácia. Vista da estrada panorâmica para Dubrovnik Old Town
Viagem mota pela Croácia.. Vista da estrada panorâmica para Dubrovnik Old Town

A cidade velha de Dubrovnik é constituída por imponentes e bem preservadas muralhas de arquitectura medieval, renascentista e barroca.

Cidade costeira cuja sua prosperidade foi sempre baseada no comércio marítimo foi a única cidade no período da Idade Média a rivalizar com Veneza.

É das cidades croatas com mais turistas, não fossem as suas inúmeras atracções. Stradun é avenida a divide ao meio e se estende entre dois grandes portões da cidade, Pile e Gate.

As lajes do seu pavimento foram colocadas durante o século XV. Actualmente pode percorrê-las à medida que encontra vários cafés, lojas e restaurantes assim como monumentos e edifícios históricos.

croácia moto
Stradun. Old Town Dubrovnik
Viagem mota pela Croácia.
Viagem mota pela Croácia.. Catedral da Assunção da Virgem Maria. Dubrovnik. Séc. XI

Cerco de Dubrovnik

Em 1991 foi cercada e bombardeada pelo exército Sérvio e Montenegro na sequência da sua guerra pela Independência.

Protagonizou o cruel e famoso cerco de Dubvrovnik onde grande parte da cidade ficou em chamas. É possível visitar gratuitamente o museu com a história e homenagem as vitimas deste duro episódio.

Viagem mota pela Croácia em Dubrovnik
Viagem mota pela Croácia.. Telhados restaurados após o Cerco de Dubrovnik 1991.

Estamos perto da fronteira com Montenegro e a nossa viagem para lá continuou. Para saber mais informações acerca do país vizinho sugerimos o nosso artigo sobre Montenegro. Para o roteiro dos 18 dias de viagem pela Croácia e Montenegro consulte também o respectivo artigo.

Algumas informações sobre a Croácia

A Croácia é um pais membro da União Europeia. Para entrada no país não são necessárias grandes formalidades, apenas os documentos de identificação pessoal e da mota. Não é necessário pedido de extensão territorial para os seguros das motas.

Moeda

A moeda do país é a Kuna Croata e existem diversos locais para cambiar dinheiro, assim como é muito fácil encontrar um multibanco para levantar dinheiro.

Na grande maioria dos locais também aceitam o Euro como moeda de pagamento e geralmente nas facturas que lhe apresentam, a conversão da moeda é indicada.

Quando ir

Entre Maio e Setembro. A viagem aqui relatada foi realizada durante o mês de Maio, ainda considerado época baixa.

Alguns dias se chuva surgiram, no entanto a circulação por todas as estradas é facilitada nesta altura e as temperaturas são agradáveis.

Combustível

Por todo o país, até nas zonas mais isoladas, é fácil encontrar postos de abastecimento e o preço da gasolina é inferior ao de Portugal e Espanha.

Alimentação

A média de preços por pessoa num restaurante, incluindo sopa, segundo prato, sobremesa e bebidas é de 10 euros, nas zonas mais interiores consegue-se por 5 Euros ou menos.

Com excepção da zona de Dubrovnik, a mais visitada da Croácia, nesse local uma refeição facilmente chega aos 25 eur por pessoa.

Não é tão comum como em outras cidades europeias, encontrar comida de rua. Os preços de supermercado são geralmente inferiores aos de Portugal.

Ambiente e pessoas

O povo croata é bastante simpático e hospitaleiro, encontra uma boa conversa em qualquer zona, as pessoas são prestáveis e disponíveis.

O ambiente do país é calmo e seguro, em momento nenhum nos sentimos intimidados por qualquer situação, mas sugerimos sempre o cuidado de nas cidades maiores ficar alojado em locais com parque de estacionamento privado.

Estradas

As estradas na Croácia são geralmente de boa qualidade, nas zonas costeiras são mais movimentadas e durante a época alta terá de contar com muito mais tempo para as deslocações pois o trânsito será intenso.

No nosso percurso existem alguns troços de auto estrada que se pagam, que não fizemos porque o objectivo era percorrer todas as estradas panorâmicas e secundárias possíveis.

Em relação ao país vizinho, Eslovénia as portagens também são pagas mas através de um método diferente. Não são pagas por percurso e à saída de cada local.

Se a sua chegada à Croácia for por terra, vai atravessar a Eslovénia. Se optar pelas auto-estradas é necessário comprar um dístico para colar na sua mota para pagamento de portagens.

O valor mínimo ronda os 7,50 Eur e permite a livre circulação durante 1 semana, período a partir do qual perde a validade.

Viagem mota pela Croácia.
Viagem mota pela Croácia. Dístico de pagamento de portagem nas auto-estradas na Eslovénia

Lavandaria

Com a bagagem da mota limitada, é sempre importante para nós saber onde vamos poder lavar os nossos trapinhos!

Felizmente a moda das lavandarias self-service, estende-se um pouco por todo o mundo, e a Croácia não é excepção:

Viagem mota pela Croácia. Lavandaria Self-Service – Mercado de Split, Croatia
Viagem mota pela Croácia. Lavandaria Self-Service – Mercado de Split, Croatia

Esperamos que estas dicas lhe tenham sido úteis para organizar a sua próxima viagem e para detalhes sobre cada local visitado podem consultar os artigos respectivos.

 

 

 

 

17 Replies to “De mota pela Croácia”

  1. Que viagem fantástica! Não conhecia todos estes lados da Croácia e adorei ver. O templo e o coliseu devem ser espectaculares, mas a vista desde a estrada panorâmica deve ter valido por tudo!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Sim Ana! Locais muito pouco divulgados pela Croácia e que são lindos, tranquilos e cheios de história!

  2. Adorei esse passeio… Quando conheci a região, fiz algo bem parecido e adorei!!! A Croácia é realmente um país belíssimo…

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Sim! Vale muito a pena de mota, carro, a pé, bicicleta! eheh Boa gente, boa comida e um belo país!

  3. Que legal esse roteiro, nunca pensei em fazer essa viagem de moto.

  4. Novo Caroneiro says: Responder

    Um país surpreendente. Tinha pouco conhecimento sobre a Croácia e seu post abriu meus olhos. Que país incrível!!!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Ainda bem que sim! É um país lindo! Muito mais para visitar além de Zagreb e Dubrovnik!

  5. polianacardozo says: Responder

    A Croácia é mesmo um encanto né? Adorei rever lindezas já conhecidas e deu uma saudade… Abraços

  6. Um dos países que mais tenho vontade de conhecer é a Croácia. E esse seu roteiro está bem completo para quem quer se aventurar pelo país. Parabéns

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Obrigado Renata! É um país maravilhoso! De boa gente, boa comida, muita história, muito mar lindo e muito barato! 😉

  7. Cada vez tenho mais vontade de conhecer a Croácia, e seu post deixou ainda mais água na boca. Que lugares!!!!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Obrigado Adriana! Visite sim que não se vai arrepender!

  8. A Croácia está na minha lista de desejos. Agora, vendo as tuas fotos e lendo o teu post, nossa senhora, quero muito ir!! Parabéns!! Linda viagem e muito bom o artigo.

  9. Eu confesso que tenho horror a motos, sou muito medrosa, mas esse passeio de vocês deve ter sido delicioso!!
    A Croácia deve ser belíssima, e eu fiquei super tentada a conhecer, espero ir um dia!!
    Beijos e parabéns pelo post!

  10. Nós fizemos um roteiro pela Croácia também, mas de carro. Passamos por algumas cidades que você listou, mas não fomos para Korkula e Pula. E olha, realmente é lindo. Fazer isso de moto deve ser maravilhoso.

  11. Vai ser a minha viagem de mota próximo verão!!! parabéns pela divulgação! Adorei!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Olá Vítor! Muito obrigado. Desejamos lhe uma óptima viagem. Só poderá ser 😉

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: