Nordkapp (Cabo Norte) numa viagem de mota aos fiordes da Noruega

Vale a pena ir até ao Cabo Norte numa viagem de mota à Noruega? Esta é a questão que se impõe, normalmente colocada por quem já lá foi. Não é, de todo, um dos locais mais belos e majestosos da Noruega, mas é, sem dúvida, de grande simbolismo e o caminho para lá chegar representa uma viagem pelas terras mais longínquas e despovoadas de sempre. Apesar de muitos outros artigos publicados sobre a nossa viagem à Noruega, parece que nenhum deles deixou clara a nossa resposta a tamanha pergunta. Tratamos disso agora mesmo!

Cada etapa de um roteiro pelos fiordes tem a sua beleza, e a que nos leva ao ponto mais a Norte da Europa não é excepção. Portanto: Sim! Vale a pena ir até ao Cabo Norte. Vale a pena percorrer sobre duas rodas os extensos quilómetros que dele nos separam. Vale a pena sujeitarmos-nos às baixas temperaturas que por lá se fazem sentir e respirar os ares únicos do Árctico. Vale a pena apreciar as paisagens exclusivas às zonas de Tundra em plena região da Lapónia. Percorrer túneis de comprimento assustador construídos nas profundezas do Mar de Barents. Vale a pena tirar a foto típica num dos locais mais míticos de sempre desta era motard. Afinal, é o símbolo da nossa conquista sobre rodas!

E digamos cá entre nós que, caso excluíssemos o Cabo Norte do roteiro, teria ficado sempre aquele bichinho a ecoar dentro do capacete a dizer-nos que nos faltava ir ao tal cabo, lá para os confins da Noruega.

No Cabo Norte. Viagem de mota à Noruega
No Cabo Norte. Viagem de mota à Noruega
Porsangerfjorden pela Estrada E6 em Lakselv, Noruega.
Porsangerfjorden pela Estrada E6 em Lakselv, Noruega.
Porsangerfjorden pela Estrada E6 em Lakselv, Noruega.
Porsangerfjorden pela Estrada E6 em Lakselv, Noruega.

Sobre o Cabo Norte

A viagem até ao Cabo Norte fez parte do nosso roteiro pela Escandinávia anteriormente publicado. Longínquo e inóspito, desafiador e de beleza selvagem, assim o podemos resumir. Idílico como qualquer paisagem da Noruega, o Cabo Norte é um dos principais objectivos de qualquer motard com o sonho de percorrer o país. E, ir até à Noruega sem o alcançar é deixar para trás um local com muito carisma.

Soberbo e avassalador, o Cabo Norte é um impressionante local a 300 m de altura,, situado numa região do globo onde entre meados de Maio e final de Julho o sol nunca se põe. Famoso pelo seu ”sol da meia noite”, será num dia de tempo razoável que se contempla a luz que nunca se apaga, e que brilha sobre os rochedos, onde a famosa Esfera Armilar se destaca.

Situado acima Circulo Polar Ártico, mais perto do Pólo Norte do que de Oslo, o Cabo Norte fica na latitude 71°10’21 “N e é o ponto mais setentrional da Europa Continental.

Nordkapp ou Cabo Norte. Fiordes da Noruega
Nordkapp ou Cabo Norte. Fiordes da Noruega
Estrada E69. Saída de Honningsvåg - Tromso
Estrada E69. Saída de Honningsvåg – Tromso
Estrada E6. Olderfjord.
Estrada E6. Olderfjord.

As paisagens que nos encantam no caminho para o Nordkapp

A Região da Lapónia

O nosso caminho para o Cabo Norte atravessou a Lapónia Finlandesa e Norueguesa. A Lapónia é uma região natural acima do Círculo Polar Árctico, que abrange o território Norte da Suécia, Finlândia, Rússia e Noruega. Por lá, habita um povo aborígene que ocupa as áreas do norte da Europa: os Sámi. 

Originalmente nómadas, os Sámi hoje vivem como uma tradicional família norueguesa, mas muitos continuam a manter os seus hábitos ancestrais. Com actividades como a caça, pesca, a agricultura e criação de renas, surgem pelo caminho os seus rebanhos, as suas construções tradicionais e as pequenas lojas onde vendem os seus artefactos.

Tendas Sami na Lapónia Norueguesa. Estrada E6
Tendas Sami na Lapónia Norueguesa. Estrada E6.
Estrada E6 na região de Skaidi.
Estrada E6 na região de Skaidi.

As estradas entre as paisagens da Tundra Árctica

Muitos dos quilómetros que se percorrem pela região mais a Norte da Noruega, fazem parte da região geográfica inserida da Tundra Árctica, de paisagem característica incomparável.

A Tundra é uma região caracterizada pelas baixas temperaturas, muitas vezes com pequenas camadas de solo congelada e pelas estações de crescimento de vegetação muito curtas, que impedem o desenvolvimento de florestas e vegetação. As suas paisagens desoladas são resultado dos longos períodos de Inverno cobertas de neve e as espécies arbustivas que por lá se encontram não vão além de pequenos líquenes, musgos e outras ervas.

De paisagens e encantos únicos, que apenas em limitados pontos do planeta se o contemplam, todas as estradas que a atravessam oferecem-nos a oportunidade de desfilar sobre rodas pela quietude da região de magnífica beleza gélida e selvagem. Ir ao Cabo Norte não é apenas a conquista de um ponto distante, é também o prazer de percorrer e contemplar as variedades culturais e paisagísticas que pelo caminho se encontram. Percorrer a Tundra é uma delas.

Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.
Viagem de mota ao Cabo Norte. Pelos Fiordes da Noruega, estrada E69.

Entre rochedos expostos e perfeitamente polidos pela neve, espreitam as cores acastanhadas e esverdeadas das pequenas plantas. Surgem as serenas lagoas formadas pelo degelo que espelham a luz única do Norte. O mar está sempre ao nosso lado, cujas cores se iluminam pelos pequenos raios de sol, que poucas vezes nos dão a honra da sua presença. A cada quilómetro dispara-nos o coração com a adrenalina da chegada ao final de mais uma grande etapa moto turística.

Porsangerfjorden, estrada E69. Noruega
Porsangerfjorden, Estrada E69. Noruega

Honningsvåg, a pequena cidade a curtos quilómetros do Cabo Norte

Prestes a chegar ao Cabo Norte, é em Honningsvåg que o nosso olhar contempla mais um recanto único do país. Uma pequena aldeia situada numa deslumbrante e cristalina baía a sudeste da grande ilha de Magerøya. Em Honningsvåg, é o porto de pesca e turismo que nos chama de imediato à atenção. Afinal, alguns dos maiores e mais conceituados navios de cruzeiros do mundo por aqui terminam a mágica rota pelos fiordes da Noruega. Queen Mary 2, Mein Schiff ou o Hurtigruten são alguns dos gigantes dos mares que por lá se avistam.

Porto de Honningsvåg. Noruega
Porto de Honningsvåg. Noruega
Porto de Honningsvåg. Noruega
Porto de Honningsvåg. Noruega

Como chegar ao Cabo Norte – 2 Opções

A nossa opção: Finlândia 🇫🇮

Inserimos no nosso roteiro pela Escandinávia as duas capitais do Báltico: Estocolmo, na Suécia, e Helsínquia, na Finlândia. Mas foi pelo país dos mil lagos que decidimos rumar ao Cabo Norte.

Atravessámos a Lapónia Finlandesa, com a certeza de que a Sueca não seria menos merecedora de uma viagem, e foi em Olderfjord que chegámos ao ponto comum das duas opções. Estávamos a cerca de 100 km do Cabo Norte e percorríamos a estrada E69 que repetiríamos no regresso (estrada sem saída).

Segunda opção: Suécia 🇸🇪

A segunda opção é a subida de toda a costa sueca, desde a cidade de Estocolmo, abdicando da visita à Finlândia. É uma questão de escolha pessoal, pois ambas as rotas são de distância equivalente.

De referir, que a passagem de ferry de Estocolmo para Helsínquia ou Turku, na Finlândia, é por si só uma viagem panorâmica que se assemelha a um mini cruzeiro pelas pacatas águas do Mar Báltico. Mais informações aqui.

As distâncias diárias da nossas etapas de chegada e saída do Cabo Norte

Dia 1 Oulu 🇫🇮 – Rovaniemi 🇫🇮 – Ivalo 🇫🇮 | 500 km (6 horas de viagem)

Dia 2 Ivalo 🇫🇮 – Nordkapp 🇳🇴 | 430 km (6 horas de viagem)

Dia 3 Nordkapp 🇳🇴 – Tromso 🇳🇴  | 530 km (9 horas de viagem)

Para consultar o roteiro completo e detalhado de todo o nosso percurso de viagem, clique aqui.

Dica:

A viagem do Cabo Norte com destino a Tromso, é encurtada pela travessia de 2 ferries: Olderdalen ⇔ LyngseidetSvensby ⇔ Breivikeidet. No entanto, este percurso de viagem do dia 3 representa um longo dia de condução.

No que aos ferries diz respeito, é necessário ter atenção para não perder o último horário do dia. O que resultaria num acréscimo de quilómetros na opção de recurso por terra. Consulte aqui os horários e organize o seu dia de acordo.

Alojamento no Cabo Norte

Os parques de campismo pela Noruega são fabulosos. Seja pela opção de acampar ou pelo aluguer de pequenas cabines de madeira (com ou sem WC), são sem dúvida a nossa recomendação para uma estadia em locais privilegiados a preços simpáticos. Aqui mais informação sobre alojamento e refeições pela Noruega.

Alojamento na Noruega. Nordkapp Camping
Nordkapp Camping

Dicas e Informações práticas de viagem

Serviços

♦O Cabo Norte insere-se na região norueguesa de Finnmark, uma das menos povoadas do país. Por esse motivo, e no que a serviços diz respeito, é necessário garantir combustível e refeições a cada pequeno aglomerado populacional que se encontra. Geralmente, encontram-se bombas de gasolina a cada 50 km, mas se por algum motivo estiver encerrada (fins de semana, feriados, etc), convém que abasteça com margens de autonomia mais prudentes. 

Clima

♦ Não substime as temperaturas do Árctico. Na nossa viagem pela região as temperaturas não variaram além de 4ºC a 8ºC. Sugerimos uma boa camada de roupa interior térmica e fato de chuva.

Entrada no centro de visitantes Nordkapp

♦ A Estrada E69 termina no Nordkapp. Local onde se estaciona a mota e compra o ticket de entrada no centro de visitantes. Os preços dos bilhetes variam entre 15€  a 30€ por pessoa, em função dos locais a que pretende ter acesso. Para mais informações sobre horários e preços aqui.

♦ Chegámos ao Nordkapp no final do dia com a intenção de jantar com olho na esfera armilar mais a norte da Europa. Na realidade ficámos sem jantar, pois os restaurantes do local só aceitam reservas de grupos. Não sabemos se foi por indisponibilidade ou regra, certo é que acabamos por jantar umas sandes compradas nas lojas de souvenirs.

Estradas e cuidados de condução

♦ As estradas do norte encontram-se, geralmente, em bom estado. Não existem vias rápidas nem nada que se assemelhe, mas as estradas estão limpas e perfeitamente circuláveis. 500 km é a distância máxima que recomendamos conduzir por dia. 

♦ Sugerimos que o Cabo Norte seja um dos primeiros locais a visitar num roteiro pela Noruega. A descida pela costa norueguesa tende a melhorar a cada quilómetro e assim estará a garantir algo surpreendente a cada dia.

♦ As renas selvagens dominam os planaltos montanhosos da Noruega e proliferam um pouco por todo o país. Em especial no Norte, consistem também numa das principais causas de acidentes nas estradas. Conduza com prudência e não se deixe entusiasmar pelas estradas desertas que encontrará pela frente. Será sempre necessário contar com alguma rena que de repente se atravessa na nossa rota.

Estrada E6 Noruega.
Estrada E6 Noruega.
Estrada E69 Noruega.
Estrada E69 Noruega.
Estrada E69 Noruega.
Estrada E69 Noruega.

A nossa viagem continuou pela incomparável costa dos Fiordes da Noruega. Com o Cabo Norte para trás e depois de quilómetros pelas áreas despovoadas do Norte da Noruega, entrámos na região das Ilhas Lofoten e percorremos muitas das rotas panorâmicas de um país que não deixa de surpreender. Abaixo deixamos todos os artigos publicados:

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

4 Replies to “Nordkapp (Cabo Norte) numa viagem de mota aos fiordes da Noruega”

  1. Viagem que há muito anda nos meus pensamentos! Obrigado pelas descrições e conselhos,:Quando chegar a minha vez de ir ao Cabo Norte, vou utilizar este Vosso excelente Roteiro!!

  2. Esta viagem está no meu Pensamento há muito tempo! Excelente Guia de Viagem e Óptimas sugestões, Obrigado! Quando chegar a minha vez de ir ao Cabo Norte, vou segui-las atentamente!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Olá José Morgado! Que a sua vez chegue em breve! É uma viagem de sonho. E quando chegar ao Cabo Norte, que tenha um pouco mais sorte do que nós e veja o sol da meia noite eheh! Nós apenas vimos a chuva da meia noite 🙂 E na programação, cá estaremos para o ajudar com tudo o que precisar! Boas curvas

  3. Esta viagem está no meu Subconsciente há muito tempo! Excelente Guia de Viagem e Óptimos Conselhos! Obrigado! Quando chegar a minha vez de ir ao Cabo Norte, vou lê-los com muita atenção!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: