Visitar Las Médulas e as terras vermelhas de El Bierzo em Ponferrada | Espanha

Visitar Las Médulas em Espanha, andava há muito nos nosso planos. Uma região tão mágica, aqui ao lado, no Norte de Espanha. Tão próxima da fronteira portuguesa, tantas vezes tínhamos passado sem oportunidade de parar para conhecer. Desta vez, rumámos à região espanhola de Castilla y Léon, para explorar a comarca das terras vermelhas de El Bierzo e as icónicas paisagens de Las Médulas.

Pelo caminho, encontrámos uma sucessão de estradas fabulosas, que atravessam uma paisagem montanhosa, até então desconhecida, por entre mil e uma curvas em estradas quase desertas e de qualidade excepcional. Coincidente com a Rota dos Conventos de El Bierzo, em Ponferrada, por lá se encontram mosteiros, igrejas e fortalezas que tornam esta viagem um passeio por entre História e Natureza.

Sobre Las Médulas

Las Médulas são uma antiga exploração de ouro romana, integradas na comarca de El Bierzo, cuja capital é a cidade de Ponferrada. Situada a cerca de 20 km de Las Médulas, Ponferrada foi a cidade que estruturou a presença romana no território. Os soldados romanos protegiam as minas de ouro, a maior exploração a céu aberto de todo o império na época. Diz a História que mais de 60 mil trabalhadores trabalhavam diariamente a extrair o precioso minério e que este terá sido o período em que a paisagem da região foi para sempre modificada. Hoje, ficam os vestígios de uma paisagem de relevos e cavernas, escavadas pelos escravos do Império Romano, à procura do ouro. Paisagem essa, considerada Património Mundial pela UNESCO.

Visitar Las Médulas
Visitar Las Médulas: Miradouro de Orellán

Visitar Las Médulas

Visitar Las Médulas é entrar no mundo das terras vermelhas que saltam à vista nesta região em particular. Seja percorrendo inúmeros trilhos pedestres, trechos fora de estrada, galerias abandonadas das minas ou os miradouros acessíveis por estrada pavimentada. Nós, ficámos-nos pelas últimas duas hipóteses, mas se quiser prolongar a estadia na região o que não faltarão são actividades.

Para visitar Las Médulas de mota existem dois locais principais, cujo acesso mais curto entre eles é feito de trilhos fora de estrada. Assim será necessário ir e voltar pela mesma estrada a cada um deles: Las Médulas (aldeia com o mesmo nome da mina) e Orellán.

Galerias de Orellán
Galerias de Orellán

Aldeias principais: Las Médulas e Orellán

Aldeia de Las Médulas (a Oeste)

Este é o principal e mais movimentado local da região. Pela pequena aldeia, de onde o vislumbre dos picos avermelhados da montanha é limitado, se iniciam os inúmeros trilhos pedestres, se encontra o Centro de Recepção ao Visitante e o museu que explica as formações que por lá se encontram.

Inúmeros locais de alojamento, esplanadas e restaurantes fazem com que esta aldeia ganhe vida em torno dos viajantes que por lá passam. Caso pretenda realizar alguns trilhos pedestres, a aldeia de Las Médulas será uma boa base de pernoita.

Aldeia de Las Médulas (a Oeste)
Las Medulas

Aldeia de Orellán (a Este)

Seja para conciliar uma visita a Las Médulas com uma curta caminhada ou apreciar o miradouro mais panorâmico da zona, Orellán é outro local que recomendamos. A pequena estrada que nos leva à aldeia, termina a sua etapa pavimentada no Miradouro de Orellán e nas Galerias das Minas Romanas, a cerca de 2 km do centro de Orellán.

Locais a Visitar na região

Miradouro de Orellán

Nas épocas mais movimentadas, o acesso por estrada ao miradouro é condicionado e é obrigatório estacionar no parque de visitantes (gratuito) a cerca de 600 metros do miradouro. Segue-se uma caminhada a subir com a duração de cerca de 15 minutos (contando com tempo para recuperar o fôlego num dos muitos bancos que acompanham o percurso).

Parque de estacionamento
Parque de estacionamento

O desafio da caminhada dentro dos nossos fatos quentes e pesados, é recompensado assim que chegamos ao topo. Uma vista deslumbrante a partir da cumeada da montanha que nos abre o horizonte para uma paisagem mágica e idílica. Daquelas que nos remetem a terras tão distantes que jamais a imaginaríamos ali, em pleno Norte de Espanha.

Sobre a paisagem de terras vermelhas e ocre da região, no horizonte, avistam-se as galerias e os pináculos que se elevam elegantemente. Na maioria por entre densas florestas centenárias de castanheiros e carvalhos. Um espectáculo natural entre a obra do Homem e da Natureza, cujo vislumbre em função da estação do ano será distinto, mas sempre fabuloso. Nós, no Inverno, contemplámos a beleza das árvores desnudas em tons acastanhados.

Visitar Las Médulas
Visitar Las Médulas
Miradouro de Orellán
Miradouro de Orellán

Galerias das minas romanas de Orellán

Visitar as Galerias das minas romanas de Orellán é uma actividade fascinante para se fazer na região. A entrada para as galerias está a cerca de 50 metros do miradouro de Orellán, numa pequena casinha de madeira no fundo de uma escada.

Nelas, em cerca de 15 min (ida e volta), se percorrem os túneis escavados há milhares de anos nos rochedos da região para exploração do ouro. O percurso subterrâneo termina numa janela natural com uma vista de cortar a respiração a alturas impressionantes.

Galerias das minas romanas de Orellán
Galerias das minas romanas de Orellán
Minas romanas de Orellán
Minas romanas de Orellán

Informações práticas para visitar as Galerias de Orellán

Preço: 3€/pessoa (capacete e touca incluídos no preço)

Duração: 15 min (ida e volta)

Encerra: Terças-Feiras

Horário: 11h às 14h e das 16h às 18h de Outubro a Maio | 10h às 20h de Junho a Setembro

Percorrer os trilhos pedestres para visitar Las Médulas

Caso queira conciliar a visita a Las Médulas com um percurso de caminhada, sugerimos que dedique um dia livre ao local para poder aproveitar as inúmeras possibilidades fora do equipamento de motociclista. Um dos principais trilhos da região, é circular e tem cerca de 10 km de extensão. No entanto, existem muitos outros de distância inferior que nos levam a visitar os locais principais num percurso menos desafiante.

Partindo da aldeia de Las Médulas, existe um trilho circular com cerca de 4 km que passa pela La Cuevona e La Encantada. Dois locais de visita fundamentais. Dele é possível subir ao Miradouro de Orellán para contemplar as vistas em altitude, voltando para trás pelo mesmo caminho ou seguindo por outro trilho maior. São inúmeras as possibilidades que poderá consultar aqui no mapa detalhado.

Quando visitar Las Médulas?

Visitámos a região no final do Inverno, em jeito de viagem de última hora e consultando as previsões que anunciavam uma temperatura  atípicamente primaveril. No entanto, para uma viagem programada com alguma antecedência, a melhor época para visitar Las Médulas será entre Abril a Junho e Setembro a Novembro. Meses coincidentes com a Primavera e Outono, alturas do ano em que as temperaturas estarão mais amenas e a época de chuvas dá uma trégua.

Nos meses de Verão, as temperaturas facilmente superam os 35º o que torna um passeio de mota pela região mais cansativo e desgastante, assim como as caminhadas necessárias a explorar alguns locais.

Por sua vez, nos meses de Inverno as temperaturas rondam os 0º ou menos nos períodos da noite. O que faz com que o gelo nas estradas torne perigosa uma viagem de mota pela região. Em especial nas zonas sombrias onde o gelo nunca derrete ao longo do dia.

Las Médulas
Las Médulas

Locais para Alojamento

🛏️ Las Médulas

Caso pretenda pernoitar na região para poder alguns trilhos pedestres ou ficar alojado em aldeias tradicionais, Las Médulas e Orellán é o que recomendamos. Por lá sugerimos as seguintes opções, todas com restaurantes a distância de caminhada:

🛏️ Ponferrada

Caso pretenda visitar Las Médulas exclusivamente por estrada ou terminar o dia num local mais movimentado, sugerimos a cidade de Ponferrada a cerca de 20 km. Lá o Hotel El Castillo, foi a nossa opção. A excelente localização no centro histórico e a garagem privada para a mota tornam este hotel uma excelente opção de alojamento. Cerca de 50 Eur/ noite.

Mapa do Percurso

Para consultar o mapa em detalhe, clique sobre ele ou utilize o canto superior direito para abrir directamente na página do Google Maps. Poderá fazer o zoom necessário para ver a rota em pormenor ou exportar para o GPS como preferir. Clicando no canto superior esquerdo, é também possível ler a legenda do mapa em detalhe. Aqui incluem-se as seguintes informações:

  • Locais de interesse histórico e natural
  • Restaurante
  • Alojamento

Total de quilómetros do percurso por estrada entre Lás Médulas e Ponferrada:  40 km

Tempo mínimo sugerido: 1 dia

Enquadramento num roteiro de viagem de mota pela região:

⬅️ Etapa anterior: Estrada OU121 – O Barco a Santigoso, Espanha

➡️ Etapa seguinte: De Ponferrada a Peñalba de Santiago pela rota panorâmica do Valle del Silencio (e arredores) | Espanha

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado!

2 Replies to “Visitar Las Médulas e as terras vermelhas de El Bierzo em Ponferrada | Espanha”

  1. Muito Bom! Da próxima vez que ali passar perto, não posso deixar de aproveitar as Excelentes Sugestões dos Câmara para conhecer estas Interessantes Estradas e Região! Mais Uma Vez- Obrigado!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Vale mesmo a pena! E dedicar um tempinho para estacionar a RT e seguir em caminhada também 😉 Beijinhos e abraço! Boas curvas!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: