Col de Vergio – De mota pela Córsega

nas estradas mais perigosas da europa, de mota na córsega pela col de vergio

Col de Vergio na Córsega. Por uma das estradas mais perigosas da Europa

Pela Col de Vergio e famosa estrada D84, percorre uma das estradas englobadas nos top’s das mais perigosas da Europa. Em breve explicamos porquê, mas deve desde já ficar com a ideia de que, percorrê-la de mota é um ponto alto numa viagem de mota pela ilha.

Numa viagem de mota pela Sardenha e Córsega,  foi incluída no roteiro de um dia de deslocação entre o interior da Córsega e a Córsega do Sul. Durante cerca de 90km a estrada D84 liga o pitoresco vilarejo de Francardo no interior, à cristalina baía de Porto junto à costa, e percorrê-la é uma aventura pela natureza.

De carácter indomável e beleza selvagem, a Córsega é repleta de cantos e recantos de estradas estreitas e sinuosas. Esta é especial e multifacetada, pelo seu percurso de encanto em vários ambientes que remetem a outros tempos.

de mota pela col de vergio d84 corsega
Gorges de la Spelunca. De mota pela Col de Vergio
No final da rota panorâmica de Col de Vergio, a fabulosa baía de Porto. corsega d 84 dangerous road
No final da rota panorâmica de Col de Vergio, a fabulosa baía de Porto.

Sobre a Col de Vergio

A D84 é a estrada que sobe uma das montanhas mais deslumbrantes da Córsega, e também a que se encontra a maior altitude. A Col de Vergio situa-se a  cerca de 1500m acima do nível do paradisíaco mar aos pés da Córsega.

Pelo caminho, e em atmosfera de floresta encantada surge a Forêt D’Antoine, envolve as deslumbrantes Gorges de La Spelunca que o guiam até à maravilhosa baía de Porto.

Numa ilha cheia de história, vários povos a disputaram dada a sua situação privilegiada no mar Mediterrâneo, consequentemente todos deixaram a sua herança.

Esta foi a estrada construída durante o domínio de Génova no século XVI, e que hoje faz as maravilhas de quem a percorre. Histórico trajecto de transporte de madeira das densas florestas da região interior, para construção dos navios da época no porto de Sagone.

Hoje é procurado por milhares de motards que todos os anos chegam à ilha com o propósito de o percorrer. É uma estrada antiga, cheia de curvas e mais curvas, aos pés dos imensos desfiladeiros de rochas amareladas, que alternam paisagens desérticas com densas florestas, onde o céu se perde de vista.

Gorges de la Spelunca d84 dangerous road in europe. Córsega
Gorges de la Spelunca. Córsega
Gorges de la Spelunca. Córsega
Pela Col de Vergio na estrada D84. Córsega

Conduzir na Col de Vergio, estrada D84

O pavimento por vezes surge com algumas irregularidades, mas não é a sua geometria estreita por montanhas vertiginosas que lhe confere o estatuto de mais perigosa. Mas sim porque, além disso, atravessa o habitat natural de todas as espécies de animais que consiga imaginar!

Conduzir de mota nesta estrada requer atenção redobrada e bons reflexos! Nem sempre o caminho estará livre na saída de uma curva, e é sempre necessário supor que um animal por lá estará para atrapalhar!

Uma espécie de safari pela Córsega onde as espécies que avista variam entre vacas, cabras, porcos, javalis e veados. Não será por acaso que os Corsos são conhecidos pelas delícias da sua charcutaria!

Porcos selvagens são a espécie dominante, relaxam, passeiam e alimentam-se tranquilos pelas bermas das estradas e encontrá-los será uma certeza! De carácter amigável precisam apenas que se desvie subtilmente sem lhes causar grande transtorno.

Pela Floresta D’Aitone são as vacas que abundam. Apesar de pacíficas, facilmente se assustam quando confrontadas com a passagem repentina de motas (o facto é que já deviam estar habituadas). Nesta situação é preciso dar-lhes o seu tempo para seguirem o seu caminho.

De mota pela Col de Vergio estrada D84 na Forêt D'Aitone. Córsega
Pela estrada D84 na Forêt D’Aitone. Córsega
De mota pela Corsega na Col de Vergio Pela estrada D84 na Forêt D'Aitone. Córsega
Pela estrada D84 na Forêt D’Aitone. Córsega

Surgem pequenos troços de estrada mais larga com pavimento de boa qualidade. Aqui a tentação de ceder ao acelerador é grande mas a questão mantém-se: sempre um bovino ou suíno pelo caminho, normalmente em contra-mão!

de mota pela col de vergio Pela estrada D84 na Forêt D'Aitone. Córsega
Pela estrada D84 na Forêt D’Aitone. Córsega
de mota col de vergio Pela estrada D84 na Forêt D'Aitone. Córsega
Pela estrada D84 na Forêt D’Aitone. Córsega
pigs Pela estrada D84 na Forêt D'Aitone. Córsega
Pela estrada D84 na Forêt D’Aitone. Córsega

Quando ir

A ilha Córsega têm um tipo de clima misto, dada a sua variedade geográfica mesmo em tão pequena área. Nas zonas junto à costa o clima é o Mediterrânico, ameno e húmido no Inverno e quente e seco no Verão.

Já nas regiões montanhosas surge a repentina transição para o clima Alpino. Durante o Inverno atingem temperaturas negativas que salpicam de branco as montanhas escarpadas, cuja altitude ronda os 2700 m.

Assim recomenda-se que a visita à ilha e travessia desta fabulosa rota panorâmica, seja efectuada entre os meses de Maio a Outubro. Época em que o céu cinzento e carregado de nuvens deu vez aos dias quentes e soalheiros. Se possível evitar os meses de Julho e Agosto. Época alta na região que, como em tantas outras, além das temperaturas extremas para andar de mota, se enchem de visitantes em busca de diferentes perspectivas!

A circulação nas estradas é mais lenta e condicionada devido às excursões, e todos os tipos de visitantes para alpinismo, ciclismo além do motociclismo!

Caso a sua disponibilidade seja apenas para este período, pela estreita Col de Vergio é importante estar alerta para se cruzar com muitos autocarros dentro das apertadas curvas.

Seja em versão subida ou descida, não cabem dois veículos nas zonas mais estreitas do percurso. Para sua segurança tente antever esta situação, e uma velocidade razoável é o que se sugere para este percurso.

Superados todos estes desafios, pois o mais importante é conhecê-los, percorrer a Col de Vergio pela estrada D84, na categoria das Dangerous Roads, é algo a não perder. Boas curvas é o que se pode desejar!

Mapa da Estrada – Col de Vergio

2 Replies to “Col de Vergio – De mota pela Córsega”

  1. Muito Bom! Obrigado!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Mais uma vez obrigado José Morgado! 🙂

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: