Andar de mota no Inverno | Roupa quente e impermeável, o que vestir?

Andar de mota no Inverno

A possibilidade de andar de mota no Inverno é um dos luxos de viver em Portugal. Por este cantinho da Ibéria é possível, assim como por muitos países do Sul da Europa, andar de moto o ano inteiro. Por cá, a queda de neve é praticamente inexistente e algo que não nos condiciona a circulação nas estradas (excepto na Serra da Estrela, raros dias por ano). Por isso, nesta estação, podemos contar com os gélidos dias de sol, os gélidos dias de chuva e os gélidos dias nem de sol nem de chuva!

O que vestir em ambos para nos mantermos quentes e secos quando andamos de mota? Esta é a questão que mais nos têm feito ultimamente. Por isso, decidimos partilhar as nossas opções pessoais.

Fato de Inverno de Goretex e Laminado

Um bom fato de motociclista é a chave fundamental para poder andar de mota no Inverno sem preocupações com a chuva, manter-se quente, seguro e confortável.

Encontrámos a solução perfeita para nós quando comprámos os fatos de Inverno da marca finlandesa Rukka Motorsport. Mais recentemente, o modelo Streetguard da alemã BMW Motorrad. São ambos fatos de goretex e laminados, o material e características que lhes conferem um excelente comportamento térmico, tornando-os extra resistentes ao frio, vento e chuva e nos mantêm prontos para todas as intempéries.

Ambos os fatos de Inverno, contêm forros térmicos removíveis que os tornam versáteis para outras épocas do ano. Nunca serão tão frescos como um fato de Verão, mas estamos aqui a falar com friorentos certo? Por sua vez, serão sempre modelos mais completos a todas as aventuras.

Há que ter especial atenção que um fato que seja de goretex não é necessariamente laminado. Todos os modelos apenas de goretex que tivemos oportunidade de usar, acabaram por ceder em algum momento, deixando-nos ensopados quando expostos a chuvas depois de algumas horas e deixando passar o frio com o passar do tempo.

Andar de mota no Inverno
Andar de mota no Inverno: Fato BMW Motorrad Streetguard
Andar de mota no Inverno: Fato Rukka Motorsport
Andar de mota no Inverno: Fato Rukka Motorsport

Roupa térmica interior

A necessidade de camadas interiores além do fato e dos seus forros térmicos incluídos, depende de cada um. No nosso caso, e para o mesmo fato, o João dispensa na maioria das vezes as camadas de roupa adicional no interior (mesmo em viagens por destinos frios e chuvosos como a Escócia). Já eu não abdico das minhas ceroulas e camisola térmica extra.

Que roupa térmica? Apesar de ter um fato interior térmico da marca Dainese, com a membrana windstopper, a partir do momento em que adquirimos os fatos acima optei por opções mais leves. Utilizo sempre roupa interior térmica que não é necessariamente para motociclistas, mas que oferece um conforto adicional por debaixo do meu fato de Inverno. Para mais detalhes siga os links abaixo, do modelo que existe para homem e mulher:

Casaco/camisola polar

Entre o fato de motociclista e a camada de roupa térmica utilizamos geralmente um comum casaco ou camisola polar. Leves e sem nos sentirmos ”enchouriçados” é geralmente esta a nossa opção de equipamento. Simples e prático!

Andar de mota no Inverno. O que vestir?
Camisola com forro polar da marca Klim

Utilização do fato de chuva

Mesmo com bons fatos que já nos deram provas mais do que suficientes da sua impermeabilidade, os fatos de chuva fazem sempre parte das nossas bagagens. Porquê? Porque apesar de ser bom saber que se formos apanhados por uma chuvada repentina não nos iremos molhar, é também confortável vestir o fato de chuva quando saímos pela manhã num dia em que a água será uma certeza. Uma opção pessoal que nos traz conforto ao proteger o fato que, apesar de não deixar passar água, fica sempre molhado.

O que vestir? Andar de mota no Inverno
Fato de chuva da BMW Motorrad

Em muitas circunstâncias, utilizamos o fato de chuva por cima do fato também como um reforço e corta vento. Apenas para os mais friorentos, tipo eu! (Patrícia). Para esta opção, convém ser um modelo respirável e confortável. Abaixo as nossas opções:

Dica:

De referir que vestir o fato de chuva é também sempre muito bom para efectivamente não chover! É só connosco que acontece ter o trabalho de parar para vestir o fato de chuva e depois não chove? Para nós funciona como uma espécie de repelente de nuvens carregadas.

Botas quentes e impermeáveis

Depois de alguns pares de botas experimentados, foi no modelo Road Star Goretex da marca Daytona, que encontrámos a melhor solução de conforto e impermeabilidade. Manter os pés quentes e secos é meio caminho andado para manter o corpo quente. E as meias? As meias são daquelas quentinhas! De lã de preferência.

Road Star Goretex da marca Daytona,
Road Star Goretex da marca Daytona.

Luvas

Talvez por aqui não possamos ajudar tanto quanto gostariam! O facto é que até agora, ainda não encontrámos uma solução de luvas de motociclista, com todas as protecções, que sejam práticas para conduzir, quentes e impermeáveis! Aqui aceitam-se dicas por favor. No caso do João, foi pela Suécia que encontrou umas luvas da marca Hestra que se revelaram muito fantásticas para conduzir. São impermeáveis, super quentes e na medida ideal para conduzir com sensibilidade. Aqui o link caso queira comprar online: Hestra luvas de motociclismo.

Luvas impermeáveis Hestra
Luvas impermeáveis Hestra

No meu caso, mais fácil pois não conduzo, dispenso de igual forma todas as luvas grandes que já encontrei. Assim, durante todo o ano utilizo umas luvas de pele, da marca Dainese que gosto bastante (link aqui). Quando chove é raro molhar as mãos pois escondo-as dentro das mangas do fato. Quando não chove, estou sempre a tirar fotografias para vos mostrar e mantenho as mãos quentinhas!  Se conhecerem melhor opção, agradecem-se dicas abaixo nos comentários.

Luvas de pele Dainese
Luvas de pele Dainese

Onde comprar?

Nós vivemos na Batalha, uma pequena vila no centro do país onde é menos prático chegar às grandes opções das cidades maiores. Como tal o acesso a muito deste equipamento, ou até mesmo ao leque de tamanhos necessários a experimentar quando queremos comprar algo, é limitado.

Assim, todos os nossos equipamentos são geralmente comprados durante as nossas viagens ao estrangeiro (Alemanha) onde opções abundam. Lamentamos por isso não conhecer locais a recomendar onde se possa dirigir e experimentar as mais variadas opções, para homem e mulher. Dirija-se aos concessionários das marcas ou lojas da especialidade das grandes cidades para conhecer os equipamentos disponíveis.

Cuidados a ter com o equipamento

Por muito bom que seja o equipamento adquirido, como qualquer outra coisa na vida requer cuidado e bom trato para se manter em boas condições!

Para o calçado:

Periodicamente, limpamos as nossas botas com os produtos recomendados pela marca que são hidratantes mantendo a impermeabilidade e pele cuidadas.

Para os fatos:

As lavagens dos fatos requerem cuidado. Geralmente recorremos às lavagens a seco ou lavamos em casa, na máquina de lavar, seguindo as instruções das etiquetas e utilizando os detergentes recomendados. Nunca utilizar amaciador para lavar este tipo de equipamento! Após todas as lavagens, pulverizamos o equipamento com spray impermeabilizante.

Abaixo partilhamos os links dos produtos que utilizamos:

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado!

15 Replies to “Andar de mota no Inverno | Roupa quente e impermeável, o que vestir?”

  1. Boas Patrícia e João. Bom Ano 2020. Para as luvas e dado que costumam comprar na Alemanha, experimentem algo da marca Held. Material muito bom. Bjs e abc, JC

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Muito obrigado pela dica João! 😉 Boas curvas

    2. Gosto muito desta marca, aconselho principalmente vestuário, esta marca fabrica para algum vestuário e luvas para a bmw.

    3. quilometroinfinito says: Responder

      Obrigado pela dica João! Já conhecia a marca mas nunca experimentámos nada. Vamos ver isso 🙂

  2. Boa noite Patricia e João antes de mais bom ano . A não esquecer caso a viagem de inverno seja fora de Portugal a ver a legislação de cada país no que toca a pneus visto que alguns querem pneus de neve ou a designação M+S um abraço

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Muito obrigado pela dica Miguel.. mas este post é só sobre vestuário, para quem anda com friooo e chuva. Neve já não é fixe para motas eheh Boas curvas

  3. Excelente publicação, tenho dúvidas sobre as luvas também, utilizo uma de pele bem reforçada mas as mãos sofrem nos dias de frio. Não quis arriscar comprar outro tipo antes de sanar algumas dúvidas. Por tanto que tiver mais dicas será sempre uma mais valia. Obrigado e boas curvas.

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Júlio pois… já tivemos muitos pares e despachámos todos. Agora usamos as que referimos e tudo ok!

  4. Sérgio Carvalho says: Responder

    Mais uma vez, obrigado pelo excelente trabalho de divulgação das vossas experiências.
    São, sem dúvida, uma mais valia para todos nós.

    Bom Ano para vocês, João e Patrícia

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Muito obrigado Sérgio! Um Bom Ano também para aí e muitas e boas curvas!

  5. Muito Bom!! Muito Obrigado ao Câmara! Eu, apesar de ser muito mais limitado nas Viagens que faço, também já fiz muitos km’s com temperaturas próximas do Zero e com Chuva. Partilho algumas das Vs. Opções e Preocupações. Fato, para as situações mais exigentes utilizo sempre, há alguns Anos, o Streetgard da BMW, Casaco e Calças, apesar de caro, vale sinceramente todos euros que me custou e, a BMW, tem muitas vezes campanhas de promoção. Além disso, já o tenho há uns 10 anos e continua impecável, só um pouco menos preto, descolorado. Também utilizo, com Muita Frequência, fatos de chuva, casaco e calças, de Gorotex, ou equivalentes, por cima daquele e de outros equipamentos de Mota, até no Verão. São uns Bons Protectores, para além da Chuva, do Vento e do Frio. Aqui utilizo quase sempre equipamentos da Decathlon, com as sua membranas impermeáveis e respiráveis, 100% eficazes, já andei dias inteiros à chuva, para além de no Inverno, na Primavera e Verão, sem que deixassem entrar uma única Gota e, também, sempre totalmente respiráveis, sem qualquer problema de provocarem a transpiração e condensação da água do nosso corpo. Para além de tecnicamente serem Muito Bons, são extremamente baratos, se comparados com os das Marcas das Motas. Há mesmo calças que têm fechos de correr ao longo das faces exteriores das pernas, que os permitem vestir facilmente, sem ter que descalçar as Botas, ou passar com elas, Molhada e Sujas, pelo interior das calças! Quanto às luvas, partilho da V. preocupação, ainda não encontrei umas que sejam quentes, impermeáveis, mas que não sejam uns Trambolhos…. De qualquer maneira Nós, os que andamos de BMW RT, temos a Sorte de Ter a Melhor Mota do Mundo para Viajar e assim, andar-mos sempre Muito Bem Protegidos das Intempéries!! Bom Ano e Boas Viagens para Todos!!

    1. quilometroinfinito says: Responder

      É verdade José Morgado! A RT protege-nos muito bem de todas as intempéries! Eu não sou muito friorenta nas mãos, desde que esteja quentinha no corpo para mim tudo ok. Mas vou experimentar umas luvas iguais às do João. Ele diz maravilhas. Antes também usava polares da Decathlon, hoje reconheço-lhes menos qualidade e opto por outros mais quentinhos. Mas são detalhes! O que faz toda a diferença é o fato e sem dúvida que quer o Rukka quer o Streetguard valem cada cêntimo. Os nossos foram comprados na Alemanha, a preços fabulosos! Valeu bem a pena. Boas curvas 😉

  6. Para aquecimento extra, utilizo igualmente equipamentos de Polar, normalmente também do Decathlon, fino, camisolas e calças.

  7. Desde já obrigado pela partilha e paciência em responder aos comentários que vão surgindo.
    Neste momento em que as temperaturas têm baixado um pouco deparo me com o mesmo problema de tantos outros, as mãos frias, estou tentado a comprar as luvas que refere, mas se puder dar mais umas informações agradecia
    As luvas têm protecção?
    Que tipo de forro têm?
    A loja que refere é a melhor opção?
    Desde já obrigado

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Nuno veja a descrição do material das luvas… não sei que tipo de forro têm, mas é do tipo quente, seco e impermeável eheh Boas curvas

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: