Na Rota do Wild Atlantic Way: Doolough Valley e Connemara National Park | Irlanda

Wild Atlantic Way, County Galway

Vindos de norte e de Achill Island, no condado de Mayo, continuámos a nossa viagem pela rota do Wild Atlantic Way, na Irlanda, pelo Condado de Galway, a região vizinha.

No Condado de Galway, no Oeste da Irlanda, a rota faz-se entre o Doolough Valley e o Connemara National Park com todos os miradouros, castelos e locais panorâmicos que por lá se multiplicam. Quase sempre com o mar à vista, percorrendo algumas das estradas destacadas internacionalmente como um paraíso para motociclistas, esta é a secção do Wild Atlantic Way que agora revelamos em detalhe.

Durante um dia do nosso roteiro de viagem de mota pela Irlanda, atravessámos locais de beleza excepcional, estradas desertas de panoramas privilegiados e fiordes imponentes, num cantinho do mundo abençoado pela obra divina. Abaixo, destacamos os locais a visitar com muitas dicas e informações para que possam seguir as nossas rodadas.

Sky Road
Wild Atlantic Way, Condado de Galway
Wild Atlantic Way, Condado de Galway
Wild Atlantic Way, Condado de Galway

Locais a visitar na rota do Wild Atlantic Way | Condado de Galway

Wild Atlantic Way: Doolough Valley

Viajar de mota pela Irlanda é uma experiência única a cada quilómetro. Iniciámos esta secção do Wild Atlantic Way no Doolough Valley, e por lá encontramos uma das melhores estradas do país, destacada em muitas edições sobre motociclismo.

Embutida numa paisagem montanhosa de natureza intocada, a rota do Wild Atlantic Way serpenteia através do vale, nas margens de dois lagos de beleza majestosa. Pelo caminho, está o memorial dedicado à conhecida ”tragédia de Doolough”. Aquela que durante a Grande Fome, no ano de 1849 retrata o sofrimento de muitas pessoas que por lá morreram à fome.

Doolough Valley, Wild Atlantic Way
Doolough Valley, Wild Atlantic Way
Doolough Valley, Wild Atlantic Way
Doolough Valley, Wild Atlantic Way

Wild Atlantic Way: Killary Fjord

Quem disse que os belos fiordes são só pela Noruega? A Irlanda está repleta deles e, neste troço em particular do Wild Atlantic Way, o Killary Fjord salta-nos ao caminho, na saída do Doolough Valley. Seguimos inebriados por tamanha beleza natural, fascinados pelo cenário verdejante das montanhas que nos rodeiam. A sentir o suave perfume dos arbustos selvagens que nesta altura do ano estão em flor, a ouvir o chocalhar das águas em movimento que fluem das pequenas cascatas que rodeiam o fiorde e lhe temperam com água doce o aroma salgado do mar.

Doolough Valley, Wild Atlantic Way
Killary Fjord na saída de Doolough Valley, Wild Atlantic Way
Aasleagh Falls, Killary Fjord
Aasleagh Falls, Killary Fjord

É hora de almoço e o destino levou-nos aos arredores de um dos maiores locais de apanha de mexilhões da região. Pela costa irlandesa mexilhões frescos encontram-se com abundância. Para o palato de portugueses, mexilhões ao molho de vinho branco, ervas e alho é um achado gastronómico que nos delicia pelo país. Pelo Killary Fjord recomendamos o pequeno Restaurante BlackBerry à beira mar. A comida é caseira e deliciosa e os preços por uma refeição que incluiu sopa de tomate, mexilhões e ensopado de borrego rondou os 15 Eur por pessoa. Estacione a mota por lá e aproveite para uma refeição quente. Não voltará a ter oportunidades semelhantes nos quilómetros que se seguem.

Wild Atlantic Way: Connemara National Park – Abadia de Kylemore

Situado no Oeste da Irlanda e no condado de Galway, entramos de seguida no Connemara National Park. Um imenso parque natural, repleto de panoramas soberbos e estradas emocionantes. Seguimos por extensões de pântanos, prados e bosques verdejantes até à primeira paragem na Abadia de Kylemore.

A Abadia de Kylemore apresenta-nos os seus recantos repletos de história, romance e espiritualidade. Rodeada por um jardim murado vitoriano de grande extensão, é preenchido por edifícios preciosamente restaurados em torno de flores, vegetais e pequenos bosques à beira lago. Estacionámos a mota no parque de visitantes (gratuito), e seguimos por uma pequena caminhada por entre as maravilhas naturais que por lá se destacam.

Abadia de Kylemore
Abadia de Kylemore

Wild Atlantic Way: Omey Island

O Wild Atlantic Way leva-nos de novo para caminhos com o mar à vista. À semelhança de Lindisfarne, na vizinha Inglaterra, o acesso a Omey Island é condicionado pelo nível das marés. Um pequeno atraso no percurso diário fez-nos chegar na hora da maré alta quando a estrada se encontrava submersa.

No horizonte, destacava-se a sinalização de trânsito envolta num mar de água a indicar-nos que o caminho para ali seria. Omey Island, a pequena ilha irlandesa, avistava-se ao fundo entre os tons cristalinos que o Atlântico aqui oferece. Em nosso redor, um novo paraíso de águas azul turquesa em torno dos pequenos rochedos de uma baía rendilhada.

Quer visitar Omey Island e informar-se com antecedência do horário das marés? Consulte aqui o calendário para as suas datas e organize a sua viagem.

Omey Island
Omey Island, Wild Atlantic Way
Omey Island Viewpoint
Wild Atlantic Way: Omey Island Viewpoint

Wild Atlantic Way: Sky Road

Igualmente parte do Wild Atlantic Way, segue-se a Sky Road. Uma rota panorâmica circular de cerca de 20 km em torno de Clifden, uma pequena cidade no Connemara National Park, Condado de Galway.

A Sky Road é um dos principais pontos de visita de toda a região e exibe uma estrada fabulosa que se estende numa costa rochosa acidentada, ora em altitude ora à beira mar, entre várias praias de areia fina e águas azul turquesa. Rica em património e fortalezas promontórias espalhadas pela região, a Sky Road é um local para percorrer devagar, devagarinho.

Sky Road
Sky Road
Sky Road
Wild Atlantic Way – Sky Road
Kingstown Bay, Sky Road
Kingstown Bay, Sky Road

Kingstown Bay, Sky Road
Kingstown Bay, Sky Road

Wild Atlantic Way: A cidade de Galway

Galway é a cidade que cede o nome ao condado onde se insere, repleto de facetas culturais e naturais em torno de Connemara. Cidade costeira e piscatória, repleta de ruas e ruelas de casario colorido à beira mar, cheia de vida e muitos locais a visitar. Foi considerada a Capital Europeia da Cultura para 2020 e explorá-la em detalhe terá muito a oferecer. Mais info aqui. É um dos locais sugeridos para pernoitar que se enquadra na perfeição com este roteiro ideal para 1 dia de viagem.

Wild Atlantic Way: Cidade de Galway
Wild Atlantic Way: Cidade de Galway (foto de Travel Inspires)

Mapa do Percurso, Locais de Interesse e Alojamento

Para consultar o mapa em detalhe, clique sobre ele ou utilize o canto superior direito para abrir directamente na página do Google Maps. Poderá fazer o zoom necessário para ver a rota em pormenor ou exportar para o GPS como preferir. Clicando no canto superior esquerdo, é também possível ler a legenda do mapa em detalhe. Aqui incluem-se as seguintes informações:

  • Locais de interesse histórico e natural
  • Restaurante
  • Alojamento

Total de quilómetros do percurso : 300 km

Tempo de condução: 6 horas

🛏️ Alojamento em Galway

Galway, como referimos atrás, é um dos locais sugeridos para pernoitar caso procure a agitação e ofertas de uma cidade maior. Durante a nossa viagem poderámos ficar hospedados no alojamento abaixo, localizado próximo do centro onde tudo acontece.

Optámos por uma estadia mais deslocada no Tigh Seoige Atlantic Shore. Um alojamento local, situado à beira mar e ligeiramente afastado da grande cidade de Galway. Na calmaria da região e com o mar à vista, é o local que muito recomendamos para uma estadia repousada, com parque privado, pequeno almoço incluído e excelentes anfitriões. Clique para mais informações, ler reviews de outros hóspedes e reservar a estadia no Tigh Seoige Atlantic Shore. 

Tigh Seoige Atlantic Shore
Alojamento: Tigh Seoige Atlantic Shore

Dica:

A República da Irlanda é um destino turístico de grande afluência e nem sempre com uma grande quantidade de opções nas zonas mais remotas. Como tal, sugerimos a reserva com antecedência de alojamento de modo a garantir melhores preços e disponibilidade. Esta é uma das nossas principais métodos de gerir o nosso orçamento em viagem. Mais informação consulte o nosso artigo sobre Dicas para viajar mais de mota.

Enquadramento no roteiro de viagem de mota pelo Reino Unido e Irlanda:

⬅️ Etapa anterior: Rota do Wild Atlantic Way – Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda

➡️ Etapa seguinte: Rota do Wild Atlantic Way – Condado de Kerry, Irlanda

Consulte abaixo os nossos artigos já publicados muitos mais detalhes de todas as regiões visitadas no nosso grande roteiro pelo Reino Unido e Irlanda:

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: