Rota do Wild Atlantic Way – Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda

Achill Island, White Cliffs of Ashleam

Vindos da Irlanda do Norte, e da Causeway Coastal Route, foi no caminho de Achill Island que iniciámos a rota do Wild Atlantic Way. No ”Atlântico Selvagem”, em plena costa da Irlanda, percorremos as estradas mais remotas de Achill Island; a maior ilha do país acessível a partir do continente.

Achill Island é uma secção do Wild Atlantic Way, parte do Condado de Mayo, no noroeste da Irlanda. Depois de percorrer grande parte desta rota, podemos afirmar que todas as suas etapas têm algo único e novo que nos deslumbra sucessivamente e que vale a pena perder-se por todas. Achill Island não é excepção; e não são necessários muitos quilómetros para sentir que viajamos por um sítio especial.

Baía de Keem. Viagem de mota pela Irlanda
Baía de Keem. Viagem de mota pela Irlanda

Entre de imponentes montanhas, lagos de cor clara, extensões de pântanos, praias de areia branca e pequenos povoados dispersos numa paisagem com o mar à vista, percorrer de mota as estradas que a atravessam é conhecer mais um pequeno paraíso do planeta.

Os ares do mar são a presença constante. Para onde quer que olhe, estão as águas cristalinas do Atlântico no horizonte. Ora em altitude, ora junto à costa, o Wild Atlantic Way  é uma sucessão de pequenas estradas, que avançam pela costa rendilhada da Irlanda entre miradouros deslumbrantes. Achill Island é um dos seus mais belos troços. Por lá, resta-nos desejar que o mar acorde harmonioso e que, nem que por uns instantes, o sol ilumine a paisagem e nos avive os tons paradisíacos do oceano. Afinal, a fama tão temível do Wild Atlantic faz jus ao nome e as tempestades e ventos fortes são uma forte probabilidade.

Estrada R319, Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda
Estrada R319, Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda

A entrada em Achill Island

O percurso pelo Ballycroy National Park fica para trás e na, entrada em Achill Island, damos por nós numa encruzilhada de caminhos e possibilidades. A opção irresistível é percorrê-los a todos, criando um roteiro circular com passagem pelos principais miradouros da ilha. Keem Beach, Cloughmore, White Cliffs of Ashleam ou o castelo da rainha pirata Grace O’Malley, entre muitos outros.

À medida que avançamos pelas paisagens desnudas que nos rodeiam, sentimos-nos sozinhos numa vasta região pantanosa. Interrompida por montanhas abruptas, salpicada por milhares de lagos e com o mar à vista. A brisa marinha invade-nos os sentidos e os quilómetros que separam Achill Island da maior cidade do condado de Mayo, Newport, oferecem um preâmbulo perfeito do que será daí para a frente.

Estrada R319, Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda
Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda
Estrada R319, Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda
Estrada R319, Achill Island, Condado de Mayo, Irlanda

A paisagem da Irlanda modelada pela exploração de turfa

Desde a nossa entrada no país que sentimos um odor forte vindo das chaminés fumegantes das habitações. Em especial no final do dia, é impossível passar despercebido mesmo aos narizes menos sensíveis. Em Achill Island, conversando com os locais ficamos a saber que, naquelas zonas inóspitas e desprovidas de vegetação, os irlandeses ao longo dos séculos aquecem as suas casas e cozinham com a turfa que retiram dos solos. 

Cortando camadas do substrato vegetal à mão, criando pequenos formatos dispostos em forma cónica para secagem gradual ao ar livre, a turfa é retirada dos pântanos e utilizada como principal combustível. Resultado? Além do cheiro intenso a paisagem é continuamente modelada, criando socalcos por vastas áreas, revelando como o Homem e a Natureza vivem em harmonia.

Esta é uma imagem muito típica do país. Explorações abandonadas são cobertas por vegetação rasteira que se apresentam como se o manto verde deslizasse por uma camada escorregadia. Explorações recentes expõem a geologia das camadas de extracção e criam linhas de água ao longo do seu curso. A cor escura é predominante, contrasta com o verde da paisagem e, nos dias de sorte, com o azul intenso do céu.

Locais a visitar em Achill Island, na rota do Wild Atlantic Way, Irlanda

Keem Bay, Achill Island

Keem Bay, na ilha de Achill, foi considerada uma das melhores praias do mundo em 2019 (ver aqui a lista completa). A disputar o lugar no pódio com destinos tropicais e paradisíacos, o clima na Irlanda pode estar mais perto do polar do que do tropical, mas sem dúvida que a distinção é merecida. Os tons das suas águas brilhantes rivalizam com ilhas tropicais, e a delicadeza das suas areias brancas finas e delicadas fazem-nos lamentar que fora do nosso fato a temperatura seja inferior a 10º; em pleno mês de Junho.

A baía de Keem está localizada logo após a pequena vila de Dooagh; e é nela que encontramos o fim da estrada R319. Entre as falésias das montanhas de Benmore e Croaghuan, a baía de Keem é uma praia praticamente desabitada, onde a areia branca e águas cristalinas nos remetem aos tons do caribe.  Lá, encontramos um único edifício virado para o mar: o antigo posto de vigia da guarda costeira.

E o que dizer sobre os quilómetros que separam Dooagh de Keem Bay? Bem, que são cerca de 5 km feitos numa curvilínea estrada, que avança pela montanha ondulado entre falésias à beira mar.

Keem Bay, Ilha de Achill, Irlanda
Keem Bay, Ilha de Achill, Irlanda
Keem Bay, Ilha de Achill, Irlanda
Keem Bay, Ilha de Achill, Irlanda
Baía de Keem. Viagem de mota pela Irlanda
Baía de Keem. Viagem de mota pela Irlanda

Keel Beach e Dooagh Beach

Quem chega a Achill Island num dia em que o Oceano Atlântico deu tréguas, não diz que por lá o mar se torna tão selvagem que à mercê da sua fúria leva consigo areais de praias inteiras em poucas horas.

Keel Beach e Dooagh Beach estão lá para nos relembrar que o poder da natureza é incontrolável. Os seus areais extensos desapareceram nas últimas tempestades e deram lugar a um manto de pedregulhos à beira mar. Nos limites de ambas as praias, encontramos enormes paredes de pedra, lá colocadas artificialmente para contenção do avanço do mar. Ultrapassando a barreira, damos por nós a contemplar a majestosa paisagem que nos rodeia, ao som da leve brisa marinha que se faz sentir.

Slievemore, the deserted village

A aldeia deserta de Slievemore é uma viagem no tempo da história da Irlanda. Apesar da construção das habitações datarem do século XII, a tumba megalítica encontrada nas proximidades indica que há mais de 5000 anos que pessoas por ali viviam.

Construída na encosta sul da montanha de Slievemore, a aldeia conta com mais de 100 habitações de pedra, hoje em ruínas. A última utilização da aldeia remonta aos inícios do século XX. Quando a população local utilizava as casas durante os meses de Verão enquanto pastavam o gado nas colinas verdejantes da montanha, voltando no Inverno para Dooagh, a aldeia mais próxima.

Ligeiramente aninhada na colina, é atravessada por um antigo caminho e das suas ruelas os panoramas soberbos estão à vista num horizonte não muito distante.

Slievemore
Aldeia de Slievemore

White Cliffs of Ashleam

A costa irlandesa é mediática pelas suas falésias rochosas de alturas dramáticas. Mas a fama recai nas Cliffs Of Moher, bem distantes do Condado de Mayo. Por Achill Island são as White Cliffs of Ashleam que fazem as honras da natureza e nos levam a suspeitar que nelas encontramos um lugar mais belo e surpreendente.

Em torno de pequenas baías de águas azul turquesa, rodeadas pelos campos de pastagem rendilhados pelos muros de pedra branca, a pequena estrada ladeia os precipícios de Ashleam, ondulado encosta acima, encosta abaixo. Parte da rota dos miradouros do Wild Atlantic Way, encontrar as White Cliffs of Ashleam será um privilégio apenas daqueles que ousarem sair das rotas comuns. Sigam-na com afinco! Os panoramas recompensarão.

White Cliffs of Ashleam
White Cliffs of Ashleam
White Cliffs of Ashleam
Wild Atlantic Way, White Cliffs of Ashleam
Achill Island, White Cliffs of Ashleam
Achill Island, White Cliffs of Ashleam

Castelo Kildavnet e Castelo de Carraigahowley

A rainha pirata Grace O’Malley marcou Achill Island para sempre quando escolheu as baías que envolvem o seu território como habitação. Associada ao país dos piratas, em redor da ilha restam os castelos de Carraigahowley e Kildavnet para nos fazerem recuar no tempo e admirar aqueles que outrora abrigaram tão célebre figura.

Castelo Kildavnet, Achill Island, viagem de mota pela Irlanda
Castelo Kildavnet, Achill Island, viagem de mota pela Irlanda

Mapa do Percurso, Locais de Interesse e Alojamento

Para consultar o mapa em detalhe, clique sobre ele ou utilize o canto superior direito para abrir directamente na página do Google Maps. Poderá fazer o zoom necessário para ver a rota em pormenor ou exportar para o GPS como preferir. Clicando no canto superior esquerdo, é também possível ler a legenda do mapa em detalhe. Aqui incluem-se as seguintes informações:

  • Locais de interesse histórico e natural
  • Restaurante
  • Alojamento

Total de quilómetros do percurso : 110 km

Tempo de condução: 2,5 horas

🛏️ Sugestão de alojamento Alojamento 

Atlantic Breeze é um alojamento particular à beira mar situado, com parque de estacionamento privado e fechado, pequeno almoço caseiro incluído e uma anfitriã de excelente disponibilidade e simpatia. Clique para mais informações, ler reviews de outros hóspedes e reservar a estadia no Atlantic Breeze.

Atlantic Breeze Bed and Breakfast
Atlantic Breeze Bed and Breakfast, Dooagh, Achill Island

A República da Irlanda é um destino turístico de grande afluência e nem sempre com uma grande quantidade de opções nas zonas mais remotas. Como tal, sugerimos a reserva com antecedência de alojamento de modo a garantir melhores preços e disponibilidade. Esta é uma das nossas principais métodos de gerir o nosso orçamento em viagem. Mais informação consulte o nosso artigo sobre Dicas para viajar mais de mota.

Newport será a maior cidade que encontraremos na saída de Achill Island no nosso rumo a sul pela rota do Wild Atlantic Way. Para lá seguimos descobrindo muitos mais cantinhos preciosos da Irlanda. Em breve mais publicações no blogue.

Enquadramento no roteiro de viagem de mota pelo Reino Unido e Irlanda:

⬅️ Etapa anterior: Irlanda do Norte – Causeway Coastal Route | Irlanda do Norte

➡️ Etapa seguinte: Na Rota do Wild Atlantic Way: Doolough Valley e Connemara National Park | Irlanda

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: