Vamos falar de viagens de mota no Douro? No percurso entre o Pinhão e Covelinhas

Muitos são os motivos que poderíamos enunciar para sugerir uma viagem de mota à região do Douro. O facto de ser um passeio por uma das mais maravilhosas regiões de Portugal. Uma viagem por cenários panorâmicos que transbordam beleza ou até mesmo a rica gastronomia da que por lá se destaca.

Europe Travel Pass no Douro com o Quilómetro Infinito! Um evento sobre viagens de mota com vistas para o Douro

No entanto, desta vez, temos um motivo extra para sugerir uma viagem de mota ao coração do Douro Vinhateiro. No próximo dia 13 de Abril de 2019, a convite do Europe Travel Pass, estaremos na Quinta da Costa de Baixo e estão desde já todos convidados! E porque não aliar um passeio fabuloso com a participação no nosso próximo evento? Detalhes práticos aqui.

Localizada numa das mais nobres e belas regiões do Douro, por lá estaremos numa tarde de sábado, a falar de viagens de mota, contemplando o majestoso rio Douro, num panorama de luxo. No final, a quinta disponibiliza uma prova de vinhos gratuita aos participantes, seleccionando algumas garrafas da colheita da Bulas Wines, acompanhada de um pequeno lanche. Parece-nos que estamos a unir o útil ao agradável naquilo a que chamamos: mil e uma desculpas para andar de mota.

Assim, e porque a localização o merece, dedicamos este artigo destacando a estrada que nos conduz até à quinta, sugerindo que a percorra sem perder pitada de quilómetro. A Quinta da Costa de Baixo localiza-se a meio deste deslumbrante percurso e abaixo o mapa de localização é partilhado.

Localizada na margem norte do rio Douro, num percurso praticamente paralelo ao curso do rio, a estrada que se prolonga entre o Pinhão e Covelinhas é uma das mais belas da região e uma das mais distintas de Portugal. Boas curvas é o que podemos desejar!

Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.

Mapa de Localização

Para consultar o mapa em detalhe, clique sobre ele ou utilize o canto superior direito para abrir directamente na página do Google Maps. Poderá fazer o zoom necessário para ver a rota em pormenor ou exportar para o GPS como preferir.

Sobre o percurso no coração do Douro Vinhateiro

Por entre a viseira do nosso capacete, espreitar a paisagem do Alto Douro Vinhateiro é sinónimo de sucessivos momentos de contemplação. Por lá encontramos uma paisagem única no mundo, que com tanto orgulho afirmamos ser portuguesa. Distinguida pela UNESCO como Património da Humanidade, é à beira rio que o traçado se desenrola. Não querendo descurar de outros com semelhante exuberância (como a N222 lá ao lado, classificada como a melhor estrada para conduzir no mundo),  dedicamos desta vez este artigo à margem norte do rio.

Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.

Começando no Pinhão…

Não importa que rumo tome ou de que zona do país se dirige. Aproveite para chegar ao Douro pela N222 até ao Pinhão e siga para a margem norte, atravessando a inconfundível ponte metálica.

O Pinhão é um dos locais mais frequentados e distintos do Douro. O local onde inúmeros pequenos e grandes cruzeiros pelo rio se cruzam e amarram âncoras. Por lá, seguem os barcos rabelos, outrora meio de transporte dos barris de vinho do Porto, hoje em dia essencialmente passeiam turistas pelas águas calmas do rio. Arrisque um passeio por entre esplanadas à beira rio e pequenas lojas de produtos regionais. Contemple o Douro e volte à estrada, para a Rota do Vinho do Porto. Aqui a diversão sobre rodas começa.

A ponte sobre o Douro no Pinhão. A caminho de Casal de Loivos
A ponte sobre o Douro no Pinhão.
Pela N222 entre São João da Pesqueira e o Pinhão
Pela N222 em Pinhão

Contornando as colinas e os profundos socalcos repletos de vinhedos, seguimos entre o Pinhão e Covelinhas. Um percurso de cerca de 60 km que nos faz ansiar por mais. Pelo caminho Ferrão, Covas do Douro e Gouvinhas são algumas das pequenas aldeias atravessadas. É por lá que as mais belas e distintas quintas do vinho do Porto se destacam. Dominando cumeadas, conquistando colinas, erguem-se majestosas com extensões a perder de vista de vinhedos que as rodeiam. Este é o ambiente de toda a região do Alto Douro Vinhateiro. Tamanha nobreza de cenários é a envolvente perfeita para qualquer passeio e de mota, é fazer parte da uma paisagem a cada curva e regressar maravilhado.

Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.

… terminando em Covelinhas

Nas encostas pronunciadas com o rio a seus pés, parta à descoberta de um traçado à beira rio carregado de carisma. Ora em altitude ora à beira rio, as águas do Douro são rainhas de uma paisagem deslumbrante que refrescam a alma e nos apelam a continuar curva após curva. Os vinhedos são infinitos, cuidadosamente alinhados e preenchem o horizonte por tão longe quanto os olhos conseguem alcançar.

Com uma pequena amostra da grandiosidade do Douro, percorrendo quilómetros sucessivos de uma estrada soberba, o ponto final desta rota é alcançado na região de Covelinhas, também à beira rio. São Leonardo da Galafura é um dos miradouros a não perder e dele se vislumbra um dos melhores panoramas do Douro.

Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.
Estrada panorâmica no Douro Vinhateiro. Entre o Pinhão e Covelinhas.

Há tão mais a explorar por esta região de sonho no Norte de Portugal! Podemos apenas sugerir que lhe dedique tantos dias quanto possível. Abaixo deixamos artigos anteriormente publicados com muitas informações e roteiros:

Roteiro detalhado de viagem de mota pelo Douro 

A N222 entre o Pinhão e a Régua, a mais bela estrada do mundo

A N304 no Parque Natural do Alvão, a poucos quilómetros do Douro

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado! 

3 Replies to “Vamos falar de viagens de mota no Douro? No percurso entre o Pinhão e Covelinhas”

  1. Mais Uma Excelente Reportagem, de Uma Óptima Viagem, por Uma Lindíssima Região! Obrigado ao Casal Câmara!

  2. Boa tarde
    Felicito os membros do ” quilometroinfinito” pela vossa audácia e coragem eu vou a iniciar a minha primeira aventura este ano participando no lés-a-lés de Portugal pois penso que se deve começar pelo inicio e pelo mais fácil no entanto tenho em mente voos maiores no qual achei muito interessante o vosso roteiro por marrocos e o que vos queria perguntar se não for indiscrição o valor total em € desse vosso passeio tal e qual como o fizeram pois acheio com cabeça tronco e membros e partilho dos vossos criterios.
    É que se me for possivel para 2020 será o meu objectivo 😜😜😜
    Cumprimentos e obrigado Manuel Barbosa

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Olá Manuel! Muito obrigada pela sua mensagem.. na realidade ainda nunca fizemos o Lés a Lés eheh temos de tratar disso. Em relação a Marrocos aqui fica: https://quilometroinfinito.com/quanto-custa-viagem-de-mota-a-marrocos/

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: