Roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena, Huelva | Sul de Espanha

Roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena

Uma viagem de mota pela Serra de Aracena, em Espanha, nunca é demais. A Serra de Aracena é um daqueles destinos onde se vai de propósito ou sem querer. De propósito porque já tivemos a oportunidade de a conhecer antes e queremos muito repetir, ou sem querer, seguindo uma viagem sem rumo para sul da Ibéria. Ali encontramos uma fronteira natural difícil de passar despercebida.

Recordo-me a primeira vez que conhecemos a região; ainda com a nossa primeira mota naquelas viagens em que saímos sem um roteiro definido. Sabia apenas que tínhamos entrado em Espanha há pouco quilómetros atrás. ”Não achas que estás a curtir um bocadinho demais?” A pergunta que fazia ao João quando percorríamos mais uma daquelas estradas de traçado permissivo.

Pela Serra de Aracena encontramos muitas! E é assim que dela me recordo, sempre. As curvas de Aracena! Parece que nunca mais acabavam. O que para uma pendura inexperiente estava a tornar-se um bocadinho intimidante. Hoje em dia, deixo-me levar ao ritmo da condução, fechando os olhos muita vez só para sentir aquela sensação mágica de quase flutuar pelo vento. Voltando  abri-los momentos depois para apreciar a beleza do caminho. Uma viagem de mota pela Serra de Aracena, além de nos oferecer uma rede de maravilhosas estradas, é também um rota monumental, em plena natureza e de elevada riqueza gastronómica. Tem tudo o que é preciso para uns dias bem passados e por isso aqui enunciamos alguns locais a não perder num roteiro de viagem de mota pela região.

Roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena
Roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena
Roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena
Aracena, Igreja de Nossa Senhora da Maior Dor
Serra de Aracena
Serra de Aracena

Sobre a região

Localizada na Província de Huelva, região da Andaluzia, no Sul de Espanha, a Serra de Aracena é o ponto fronteiriço onde acaba a Andaluzia e começa a Extremadura. Para lá das margens do Guadiana, que delimita a região a Oeste, está o nosso mágico Alentejo. O que significa que este é um roteiro a curtos quilómetros do nosso Portugal.

Ali, a fértil Serra de Aracena é também o berço do mítico presunto de Jabugo e acumula pequenos povoados dispersos nas serranias que nos remetem ao México Colonial. Todas as rotas para ali chegar possuem um encanto particular, não importa o rumo. Sempre por entre azinheiras, sobreiros, nogueiras, carvalhos e muitos olivais. Habitados pelas varas de porcos pretos tão famosos na ibéria.

E se por Jabugo encontramos um marco gastronómico da viagem, famoso pelo seu presunto ibérico (pata negra), por qualquer aldeia atravessada chegam-nos os aromas deliciosos das iguarias locais.

Pastagens do porco ibérico
Pastagens do porco ibérico

Um dos mais belos parques naturais de Espanha

A maioria das povoações desta serra está coroada por fortalezas que defenderam o território contra os invasores do passado. Alájar, Aracena, Almonaster la Real ou Cortegana são alguns dos núcleos monumentais desta rota, que atravessa um dos quinze parque naturais de Espanha; e um dos mais belos da Andaluzia: Serra de Aracena e Picos de Aroche.

Por toda a Andaluzia, e também pela Serra da Aracena em particular, o legado monumental, faz-nos recuar milhares de anos no tempo para conhecer a História da zona. Passando pelo período megalítico, ali se encontram dolmens e cavernas repletas de pinturas rupestres. Ao período romano, quando a Ibéria era a Hispânia, permanecem actualmente as inúmeras ruínas de cidades e outras construções romanas. Segue-se a ocupação árabe que imprimiu na alma da Andaluzia a beleza e detalhe dos seus monumentos. Até idade mais recente, com a construção de uma linha de defesa de castelos e atalaias que converteu esta zona numa rota monumental.

A influência do período colonial na arquitectura também é notória, imprimindo uma marca pitoresca pelos caminhos atravessados. As aldeias são semelhantes a pontos brancos que se destacam aninhadas, ora entre encostas serranas, ora entre colinas prados e pastagens. Viajar de mota pela Serra de Aracena é desfilar sobre rodas por todo este mundo mágico.

Entre o casario branco da Andaluzia
Entre o casario branco da Andaluzia
Serra de Aracena
Estrada HU8105 Serra de Aracena
As ermidas pela Serra de Aracena
Ermidas pela Serra de Aracena

Locais a visitar numa viagem de mota pela Serra de Aracena

Aracena

Chegados a Aracena, é impossível por ali passar sem notar os arcos e muralhas do seu castelo templário no alto de um promontório. Conhecer o interior rochoso com a entrada na Gruta das Maravilhas, é um ponto obrigatório. Por lá, uma sucessão de galerias e lagos levam-nos a fascinar pelo mundo subterrâneo de Aracena.

Voltamos à superfície e à subida ao castelo, ao lado da Igreja de Nossa Senhora da Maior Dor. Estamos no local onde as mais belas panorâmicas da província se encontram. O casario branco e as várias ermidas mudéjares adornam a paisagem em redor, onde nos é possível contemplar a estrada para onde seguiremos, rumo ao coração do parque natural.

Entrada na fortaleza de Aracena
Entrada na fortaleza de Aracena

Alájar: Penha de Arias de Montano

Recordando a tradição dos mosaicos romanos, a estrada segue por entre o casario até aos nogueirais de Aracena rumo a Linares de la Sierra. Chegamos a Alájar, depois de um percurso entre um túnel verde de arvoredo denso, e sobre nós enrugam-se as montanhas onde a Penha de Arias Montano domina a paisagem.

Seguindo por um excepcional pavimento e traçado curvilíneo, chegamos ao topo. No monte que coroa a paisagem em redor da aldeia de Alájar, está a Ermida de Nossa Senhora dos Anjos, branca e luminosa como tudo na Andaluzia. Por momentos somos remetidos aos filmes de cowboys algures por terras mexicanas. Lembramo-nos que os espanhóis foram colonos de muitos países da América Central e a partilha de influências é aqui notória.

Ermida de Nossa Senhora dos Anjos
Ermida de Nossa Senhora dos Anjos
Penha de Arias de Montano
Penha de Arias de Montano

Almonaster La Real

Almonaster la Real é a povoação que se segue neste roteiro de encantos pela Serra de Aracena. Ali encontramos outra jóia da coroa da região: a antiga mesquita aljama. Ao lado da praça de touros e do castelo,  colunas e capitéis romanos e visigóticos destacam-se nas fachadas da mesquita. Estamos num dos melhores locais para testemunhar o misto de povos e culturas que ao longo dos séculos habitaram por esta serra.

Neste ponto da rota, o relevo alterna entre pronunciadas colinas e profundos vales, onde riachos alimentam a vegetação verdejante. Pequenos trechos de calçada romana e algumas pequenas pontes rodeiam a aldeia cor de cal.

No alto da colina, e em nosso redor, avistamos no horizonte a estrada que iremos percorrer de seguida. Para já, aproveitamos a localização privilegiada para sentar nas muralhas do castelo e contemplar a tranquilidade e beleza do local. Chegámos demasiado cedo, ainda mal passava das quatro horas da tarde. Relembramos ali que a hora da siesta dos espanhóis precisa de ser tida em conta numa viagem pela região. Ainda faltavam duas horas para abertura da mesquita.

Seguimos viagem sem poder entrar no interior para apreciar a obra de seus mestres construtores. O famoso recinto dividido por cinco naves com arcos em forma de ferradura. Visitaremos na próxima viagem pela zona, parece que deixamos sempre motivos para regressar por todos os lados.

Almonaster la Real
Mesquita de Almonaster la Real

Mesquita de Almonaster la Real

Almonaster la Real
Almonaster la Real

Jabugo

Jabugo é aquela povoação onde os melhores pernis de pata negra de reúnem. Não há restaurante, pousada ou loja que não possua em exposição um bom exemplo desta iguaria gastronómica tão apreciada em Espanha. Se não há espaço para pendurar um na mota, convém pelo menos que em Jabugo se prove um bom presunto ibérico. Várias unidades de secagem de presunto ali se concentram, explicando porque a serra de Aracena é rica em campos de pastagens onde o porco ibérico vive em liberdade.

Presunto ibérico, Serra de Aracena
Presunto ibérico, Serra de Aracena
Serra de Aracena
Serra de Aracena

Ruínas Romanas de Turobriga

Localizada no município de Aroche, no limite oeste da Serra de Aracena, e a curtos quilómetros da fronteira portuguesa de Vila Verde de Ficalho, encontramos a antiga cidade hispano-romana de Turobriga. Fundada por Nero, no séc I com base num antigo povoado celta, era um local dedicado à agricultura e à vigilância de explorações mineiras dos arredores. A cidade foi abandonada dois séculos mais tarde e os materiais da sua construção foram utilizados nas construções vizinhas, como o Castelo de Aroche e a Ermida de San Mamés.

A partir da estrada principal, seguimos por um acesso alternativo não pavimentado por cerca de 1 km. Maioritariamente plano e com um piso aceitável para uma mota com pneus de estrada, avançamos com prudência por entre as pastagens de centenas de porcos ibéricos que nos rodeiam. Avistamos ao longe a silhueta de estilo mexicano da Ermida de San Mamés. Em seu redor, estão as ruínas da cidade romana.

Ermida de San Mamés
Ermida de San Mamés

Minas de Riotinto

”Uma viagem a Marte sem sair da Terra” assim alguém resumiu a passagem pelo complexo mineiro de Riotinto, a uma curta distância da Serra de Aracena.

Exploradas desde há cerca de 5000 anos atrás, desde a Idade do Bronze, as minas de Riotinto estão entre as mais antigas do mundo e contêm o maior volume de pirite e cobre conhecido. Por elas, ao longo dos séculos, passaram os domínios Tartéssios, Fenícios, Cartaginês e Romano em busca de cobre, prata e ferro. Destes últimos, conseguimos visitar a antiga necrópole romana no complexo.

Os materiais avermelhados das terras desta região, devido ao elevado teor em cobre e ferro, permeiam o rio Tinto e dão às suas águas aquela cor característica. A água é muito ácida e o oxigénio muito reduzido, o que por lá impede muitas formas de vida. Mas há vida em Riotinto! Assim o dizem os cientistas que encontraram pequenos organismos unicelurares que se alimentam dos sedimentos minerais avermelhados destas águas. Aqueles que recordam o Planeta Marte por serem semelhantes aos encontrados no Planeta Vermelho.

Lagoas ácidas das minas de Riotinto, Huelva
Lagoas ácidas das minas de Riotinto, Huelva

Estrada A461, a rota por estrada pelas Minas de Riotinto

Em 1873, as minas de Riotinto foram compradas por uma empresa inglesa que as modernizou e explorou com tal intensidade que modificou irreversivelmente a paisagem em redor. A exploração sem limites durou até ao ano 1954, quando voltou ao domínio espanhol. Ali encontramos uma paisagem semelhante à paisagem lunar, por onde a estrada principal nos conduz a tão peculiar cenário. É tão surpreendente que nos vimos obrigados a voltar para trás para ver de novo!

Visitar as minas de Riotinto é possível mediante a aquisição de um passeio guiado. A oportunidade de percorrer esta vasta exploração a céu aberto, repleta de taludes de escavação multicolores e lagos cor de vinho é, com certeza, uma sublime experiência. Mais informações aqui.

Minas de Riotinto
Minas de Riotinto
Estrada A461, a rota por estrada pelas Minas de Riotinto
A461, a rota por estrada pelas Minas de Riotinto
Estrada A461, a rota por estrada pelas Minas de Riotinto
Estrada panorâmica pelas Minas de Riotinto

Informações práticas para uma viagem de mota pela Serra de Aracena

Sugestões de alojamento pela Serra de Aracena 

Com parque privado e restaurante no local ou a uma distância de caminhada do alojamento:

Quando ir

Visitar as zonas centro e sul de Espanha no pico do Verão não é uma das melhores ideias para quem sofre com o calor excessivo. As temperaturas facilmente superam os 40º graus e viajar de mota pelas estradas da região e percorrer a pé as suas cidades, não se torna numa agradável experiência. Julho e Agosto são os meses a evitar, mas durante todo o resto do ano viagem de mota pela Andaluzia é uma excepcional experiência.

Horários de abertura dos serviços e monumentos

A Andaluzia é uma das regiões de Espanha onde os horários de abertura dos monumentos e atracções são atípicos para o normal da Europa. Geralmente durante o período da manhã os horários são razoáveis, mas o mesmo não se passa depois do almoço. 9h às 14h e das 18h às 20h é o horário aproximado comum à grande maioria dos museus e monumentos. Pelo que se pretende visitar alguns do locais aqui partilhados recomendamos que se informe dos horários antecipadamente.

Postos de combustível e serviços

Existe uma boa rede de postos de combustível pela região. Mas, como em qualquer zona de montanha, recomendamos que abasteça com boas margens de autonomia pois só haverá oportunidade de abastecer fora dela.

Seguro de viagem

Sempre foi nosso hábito fazer um seguro de viagem quando cruzamos fronteiras, mesmo para um pequeno fim de semana. Apesar da assistência em viagem da nossa mota, é importante ter consciência que um seguro de viagem é muito mais completo, abrange muito mais circunstâncias e conta com capitais seguros infinitamente superiores em caso de necessidade. Já para não falar que, nas viagens com pendura, a assistência do seguro da mota é praticamente inexistente. Para esclarecer melhor esta questão consulte aqui o nosso artigo já publicado.

Agora, nesta fase de pandemia, paira no ar a questão do Covid-19 que poderá deixar-nos mais apreensivos para fazer grandes planos ou cruzar fronteiras. Assim, indicamos que todos os planos da IATI Seguros incluem todas as despesas em caso de resultado positivo durante a viagem ou na véspera de partida. Pelo que, se já considerávamos importante não sair sem um seguro de viagem, agora recomendamos ainda mais.

Para os 2 dias deste roteiro, existem planos a por pessoa a partir de 10 Eur. Pelo valor simbólico não vale a pena arriscar a cruzar fronteiras sem uma salvaguarda em caso de problemas. Por seres nosso leitor, ao seguires este link ainda estarás a ajudar o blogue a continuar o seu projecto e receberás 5% de desconto no valor total da apólice. Simula abaixo os valores para as datas da tua viagem.

Iati seguros

Outros roteiros compatíveis

A viagem pela Serra de Aracena por aqui termina. Mas se dispõe de mais dias de passeio, sugerimos que continue ou para norte, ou para sul ou para os dois! Aqui deixamos os nossos roteiros já publicados, compatíveis com uma viagem de mota pela Serra de Aracena. Nós seguimos para norte, e para a região da Extremadura.

Roteiro a Norte da Serra de Aracena:Cáceres, Mérida, Trujillo e Guadalupe numa viagem de mota pela Extremadura, em Espanha.

Roteiro a Sul da Serra de Aracena: Roteiro de 7 dias de viagem de mota pela Andaluzia | Espanha

Mapa detalhado do roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena

Para consultar o mapa em detalhe, clique sobre ele ou utilize o canto superior direito para abrir directamente na página do Google Maps. Poderá fazer o zoom necessário para ver a rota em pormenor ou exportar para o GPS como preferir. Clicando no canto superior esquerdo, é também possível ler a legenda do mapa em detalhe. Pretende utilizar este mapa no seu aparelho de navegação e não sabe como o fazer? Consulte aqui o nosso artigo já publicado.

  • Quilómetros totais: 240 km
  • Duração da viagem sugerida: mínimo 2 dias

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado!

2 Replies to “Roteiro de viagem de mota pela Serra de Aracena, Huelva | Sul de Espanha”

  1. Alberto Carlos Marta Ramos says: Responder

    Boas
    Como sempre leio com afinco os relatos das vossas viagens. Está em particular é bastante minha conhecida pois vivo á cerca de100 km de Almonaster lá Real como tal são muitas as vezes que rodo pela Sierra de Aracena
    Aconselho uma visita pela área norte. Canaveral de Leon Segura de Leon Cumbres Mayores Fuentes de Leon e outras pequenas vilas perdidas na serra valem bem o passeio por lá
    Caso seja necessário estarei disponível para qualquer eventualidade.
    Bons passeios

    1. quilometroinfinito says: Responder

      Olá Alberto! Muito obrigado por acompanhar o nosso blogue e pela sua simpática mensagem. Agradeço também as suas dicas que terei em conta quando voltarmos à região! Boas curvas 😉

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: