Visitar a Serra do Açor, um roteiro em estrada e fora de estrada com passagem na Mata da Margaraça

Roteiro pela Serra do Açor, Mata da Margaraça

Visitar a Serra do Açor nunca é demais. Se até então só tínhamos percorrido suas as estradas em duas rodas, desta vez, mudámos o meio de transporte. Rumámos ao centro interior do país para alternar um passeio em estrada, com pequenos trechos fora de estrada. Naquele que é um paraíso nacional para os dois mundos. Fomos de jipe, já que a nossa mota não é aconselhável para fazer percursos de maus caminhos (entretanto já tratámos disso).

Agora, tal como prometemos, aqui partilhamos o roteiro que poderá ser realizado de jipe, ou de mota pronta para todo o terreno. Se o mapa que seguimos é o percurso mais óbvio? Nem por isso, mas foi o percurso que elegemos para optmizar o nosso passeio e nele enquadrar o máximo de locais fantásticos possíveis.

Serra do Açor
Serra do Açor
Visitar a Serra do Açor
Visitar a Serra do Açor
Os percursos fora de estrada para visitar a Serra do Açor
Os percursos fora de estrada para visitar a Serra do Açor

Sobre o percurso para visitar a Serra do Açor

Existem mil e uma maneiras de percorrer o Açor. Localizada entre a Serra da Lousã e a Serra da Estrela, a Serra do Açor é muitas vezes esquecida. No entanto, é por ela que encontramos uma rede de estradas, pavimentadas ou não, dignas de um percurso de aventura repleto de momentos de beleza. O Açor é uma pérola por descobrir.

Desta vez, viajámos por um longo dia pela região, em modo mais permissivo, deambulando entre panorâmicas estradas pavimentadas, como a Panorâmica do Alto Ceira, e entre trilhos não pavimentados. Fazendo paragens entre algumas da Aldeias do Xisto, como o Fajão ou Benfeita, e descobrindo outras tantas de nome menos afamado.

Ora em altitude nas cumeadas das montanhas, ora em modo descida abrupta pelos acessos off road até chegar a um fabuloso vale qualquer. Um percurso pelo Açor é repleto de belos cenários.

Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Percursos fora de estrada da Serra do Açor
Percursos fora de estrada da Serra do Açor

O que visitar na Serra do Açor?

Estrada Panorâmica do Alto Ceira

A Estrada Panorâmica do Alto Ceira, desenvolve-se em altitude ao longo da linha de cumeada que separa as bacias hidrográficas dos rios Alva e Ceira. Ao longo do seu percurso, multiplicam-se os miradouros, praias fluviais, os parques de merendas e pitorescas aldeias feitas de xisto.

Com início na pequena povoação de Cepos, nos arredores de Góis, faz a ligação ao Piódão, passando por Deguimbra, S.Pedro do Açor, Mourisía, Teixeira, entre outras. No seu extremo norte, está o Monte Colcurinho a terminar em beleza a rota com uma inigualável perspectiva das montanhas que atravessa. O dia estava sombrio, não tivemos a sorte de avistar largos horizontes, mas este é um ponto obrigatório em qualquer roteiro pelo Açor.

Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Aldeias ao longo da Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Estrada Panorâmica do Alto Ceira
Estrada Panorâmica do Alto Ceira

Mata da Margaraça

A Serra do Açor, apesar muito afectada pelos últimos incêndios no país, continua a exibir uma paisagem natural soberba onde a natureza renasce a cada dia. Entre as suas zonas mais especiais, preenchida pelo arvoredo típico da floresta ibérica, está a Mata da Margaraça.

Nela encontramos um túnel verde de castanheiros, faias, carvalhos, medronheiros, cerejeiras, aveleiras, etc que resistiram às chamas. Considerada como o último reduto da vegetação original no centro do país, é na Primavera e no Outono que a encontramos no expoente máximo da sua espetacularidade.

Na Primavera, quando a cobertura vegetal feita de urze a reveste de lilás, e no Outono, quando todo o arvoredo se prepara para abandonar o seu folhedo, entre tons laranja e amarelados. Neste dia de Outono, testemunhámos o seu esplendor num dia frio e sombrio, iluminado pelas cores mágicas da estação. Também os dias assim têm a sua beleza.

Visitar a Serra do Açor
Visitar a Serra do Açor: Mata da Margaraça
Mata da Margaraça
Mata da Margaraça

Fraga da Pena

Pouco depois da passagem pela Mata da Margaraça, encontramos a pequena sinalética alusiva às Cascatas da Fraga da Pena. Estacionamos e seguimos numa pequena caminhada de cerca de 10 minutos.

O pequeno trilho pedestre, está agora totalmente revestido de calçada de xisto. Avançando com prudência por entre o seu piso escorregadio, encaminhamo-nos por entre o vale coberto de densa vegetação, centenários medronheiros e castanheiros. O pequeno riacho corre ali ao lado, passando por pequenas pontes de pedra e pequenas cascatas, até que no final do trilho encontramos a soberba Fraga da Pena. Uma queda de água com cerca de 19 metros de altura e um pequeno paraíso natural nos arredores da aldeia de Pardieiros.

Cascata Fraga da Pena, Serra do Açor
Cascata Fraga da Pena, Serra do Açor

Baloiço da Carriça

Os baloiços são a última tendência que nos criam pretextos adicionais para visitar um ponto alto qualquer. O Baloiço da Carriça, está localizado num dos locais mais altos da Serra do Açor e junto ao marco geodésico da Carriça que lhe cedeu o nome. No inicio a manha para o nascer do sol ou no final da tarde para o pôr-do-sol, são ambas alturas ideais para por lá parar. No nosso caso, o final de tarde revelou-se chuvoso e repleto de nuvens, o que não deixou de ser uma experiência a recordar. Nem que seja, pelo vento frio e vigoroso que se fazia sentir! Assim é o clima na montanha.

Baloiço da Carriça
Baloiço da Carriça
Serra do Açor e os dias sombrios
Serra do Açor e os dias sombrios

Informações práticas sobre o percurso para visitar a Serra do Açor

Tipo de estrada 

Este roteiro em particular, alterna a passagem por percursos fora de estrada no Açor com estradas pavimentadas. No que aos locais fora de estrada diz respeito, de notar que o Açor é uma serra onde o xisto é a rocha dominante. Pelo que o solo resultante é argiloso (lamacento quando chove) e nele se encontram pedras soltas de xisto. É uma zona de forte relevo onde a inclinação de algumas etapas é considerável. Se viajar de mota por este local, convém fazê-lo com pneus adequados e ter alguma experiência em percursos fora de estrada.

Caso pretenda visitar a Serra do Açor e não fazer percursos fora de estrada, consulte o nosso roteiro já publicado:

Roteiro de viagem de mota pela Serra do Açor

Refeições

Grande parte desta rota passa por locais mais isolados onde nem sempre é possível encontrar um restaurante. No nosso caso, levamos comida nas bagagens e programámos a rota para chegarmos por volta da hora do almoço à pequena Aldeia de Xisto de Fajão. Por lá está o Restaurante ”O Pascoal” que visitamos sempre que rumámos ao Açor.

Alojamento

Este roteiro foi realizado durante um dia de viagem. Como moramos na zona centro do país, é fácil dedicar apenas um dia pela região e regressar a casa para pernoitar. Por sua vez, se pretende uma estadia mais prolongada pelo Açor, aqui ficam algumas sugestões de alojamento na região:

Mapa detalhado do roteiro para visitar a Serra do Açor

Para consultar o mapa em detalhe, clique sobre ele ou utilize o canto superior direito para abrir directamente na página do Google Maps. Poderá fazer o zoom necessário para ver a rota em pormenor ou exportar para o GPS como preferir. Clicando no canto superior esquerdo, é também possível ler a legenda do mapa em detalhe. Pretende utilizar este mapa no seu aparelho de navegação e não sabe como o fazer? Consulte aqui o nosso artigo já publicado.

Se gostou deste artigo e souber de alguém que também possa gostar, partilhe clicando no botão das redes sociais abaixo. Estará a ajudar-nos a divulgar e a continuar a nossa existência. O nosso muito obrigado desde já e boas curvas!

🗺️ A preparar a próxima viagem de mota?

♦Reserve as suas estadias através do Booking.com. Por lá encontramos sempre as melhores promoções e têm a facilidade de cancelamento gratuito.

♦Gostamos de viajar tranquilos. Como tal, em todas as nossas viagens além fronteiras, contratamos sempre um seguro de viagem que se enquadre no nosso perfil de viajantes aventureiros e independentes. Seja através da World Nomads ou da IATI encontrará boas opções para motociclistas. A IATI têm excelentes preços, atendimento em português e seguindo o nosso link ainda terá um desconto de 5%.

♦Sejam pequenas ou grandes travessias, se precisa de comprar uma viagem de ferry para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o DirectFerries.pt. Permite comparar os preços e horários das diferentes companhias e é por lá que encontramos os melhores preços.

Esta página contém links afiliados. Ao efectuar as suas reservas através destes links recebemos com uma pequena comissão. Não pagará mais por isso e estará a ajudar o blogue Quilómetro Infinito a continuar a sua existência. Muito obrigado!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: